07/06/2018 às 12h46min - Atualizada em 07/06/2018 às 12h46min

Museu de História Natural do Araguaia é inaugurado em Barra do Garças

Acervo do museu é composto por coleção de rochas, fósseis e ainda equipamentos interativos com informações sobre a exposição, que conta a história evolutiva da terra.

Lucas Iglesias / G1 MT
Araguaia Notícia
Museu de História Natural do Araguaia (Muhna), construído no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, foi inaugurado nessa terça-feira (5).

De acordo com a UFMT, o acervo do museu é composto por coleção de rochas, fósseis e equipamentos interativos com informações sobre a exposição, que conta a história evolutiva da terra.

A finalidade do Muhna é a educação e a conscientização ambiental, permitindo que o público conheça mais sobre os animais, principalmente os do cerrado brasileiro.
Acervo do Museu História Natural do Araguaia  (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)

Acervo do Museu História Natural do Araguaia (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)


O local também funciona como um ambiente de pesquisa e ensino para estudantes de toda a região.

O estudante de enfermagem, Bruno Estéfano, ficou encantado com o que viu. Para ele, agregou conhecimento ver tão de perto as peças taxidermizadas. “Tinha muitos animais da região que eu nem sabia que existiam. Foi muito interessante conhecer e ter as informações dos animais, até para conhecer a fauna local", disse.

O museu foi idealizado há oito anos. O projeto elaborado pela UFMT foi aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e, em 2013, foram autorizados R$ 300 mil para a obra, mas houve corte de recursos e foram liberados R$ 150 mil.
Museu foi aberto após oito anos de andamento do projeto (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)

Museu foi aberto após oito anos de andamento do projeto (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)


Em seguida, o coral da UFMT apresentou quatro canções relacionadas à lua. Com destaque para All Star, composto por Nando Reis, e sucesso na voz de Cássia Eller.

Uma das coordenadora do Muhna, a bióloga e professora Márcia Pascotto, afirma que o museu também será uma atração para os turistas que visitarem Barra do Garças. “É o segundo museu de história natural do estado, só tem um outro, em Cuiabá. Todos os turistas e visitantes podem conhecer e interagir com as atrações do museu", disse.

As visitas ao museu podem ser feitas às terças e quintas-feiras, das 9h às 12h, e de 13h30 às 17h30. Aos sábados, o atendimento será das 10h às 16h. O agendamento de visitas deve ser feito por meio do site do museu.
Museu é aberto ao público três vezes por semana (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)

Museu é aberto ao público três vezes por semana (Foto: Paula Barros/ Arquivo pessoal)


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%