23/01/2015 às 12h14min - Atualizada em 23/01/2015 às 12h14min

Menores infratores tem obras expostas no Fórum de Barra do Garças

TJMT/Keila Maressa
TJMT

O Fórum de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) está diferente nesta quinta-feira (22 de janeiro) com II Mostra Cultural do Centro Socioeducativo local. O evento foi aberto na noite desta quinta-feira (21), às 18h, com a exposição de telas de pinturas e artesanatos feitos pelos adolescentes que cometeram atos infracionais e cumprem medidas na instituição local.

A mostra faz parte do projeto Filosocioeducando que oferecem aulas de artes dentro do próprio Centro. O projeto faz parte de uma cooperação entre Judiciário e Secretaria Estadual de Educação e é integrado por 12 adolescentes entre 14 e 18 anos incompletos. As aulas são ministradas pela coordenadora pedagógica da Sala Anexa, sala de aula dentro do Centro Socioeducativo, Sandra Maria Alves Barbosa.

“Esta é uma mostra com temas pedagógicos aplicados, com parte de artesanato, jogos e telas. Por meio da arte estamos trabalhando o desenvolvimento do ser humano, e fazendo com que esses meninos tenham conhecimentos múltiplos. São trabalhados temas da Filosofia, como ética e valores, e também da Sociologia, todos com o intuito de libertar estes meninos de conflitos e males que eles enfrentarão na vida lá fora”, explica a professora.
A mostra é promovida pelo juiz Michel Lotfi Rocha da Silva, responsável pelo Juizado da Infância e Juventude de Barra do Garças. Ele explica que o projeto nasceu em 2012 e esta mostra é fruto dos trabalhos de 2014. A ideia é que o evento se torne anual.

Além deste projeto, o Poder Judiciário desenvolve outros também importantes como o Projeto Mergulhando nas Águas da Vida, que desenvolve atividades esportivas e busca promover o bem estar físico, mental e a reintegração social. No local também são desenvolvidos projetos de profissionalização como de pintor de parede.


Notícias Relacionadas »
Comentários »