Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
21/09/2023 às 08h16min - Atualizada em 21/09/2023 às 08h16min

Conhecimento Científico sobre o Córrego Fundo atrai público durante a 38ª Expoleste de Barra do Garças

Araguaia Notícia 
 
Pensando na aproximação da ciência com a sociedade, a equipe do Comitê de Bacias Hidrográficas – CBH do Alto Araguaia e pesquisadores do Centro de Pesquisas do Pantanal (CPP), estiveram dialogando com o público da 38° Expoleste, que aconteceu entre os dias 13 a 17 de setembro, no Parque de Exposições Eliziário José de Farias, em Barra do Garças-MT.

Centenas de pessoas puderam conhecer as ações de conservação das Áreas de Preservação Permanentes (APPs) e nas áreas produtivas, realizadas pelo projeto de revitalização da Bacia do Córrego Fundo. Os trabalhos foram apresentados no estande da Feira Estadual de Agricultura Familiar e Turismo Rural de Mato Grosso (FEAFTUR).

Para o presidente do CBH do Alto Araguaia, Clodoaldo Queiroz, a presença do projeto durante a 38° Expoleste foi  importante, principalmente, pela integração com a extensão rural do Vale do Araguaia. “Os produtores são os guardiões das áreas de cultivo, e tem sido um grande aliado na recuperação dos mananciais de recursos hídricos no Rio Araguaia e no Rio Garças. E dentre as iniciativas do projeto destaca-se a construção de terraços artificiais, para o controle pluvial. Uma técnica ainda pouco utilizada em áreas de pastagens degradadas, mas, essencial para o reabastecimento no lençol freático”, destacou Clodoaldo.

O prefeito de Barra do Garças, Dr. Adilson Macedo, destacou a importância das ações desenvolvidas pelo Projeto, ressaltou também, a importância do público presente no Parque de Exposições conhecer os trabalhos que despertaram o interesse do pequeno ao grande produtor rural sobre a necessidade de preservação do meio ambiente. “Aqui em Barra do Garças, um polo turístico, temos mais um motivo para que a gente continue fazendo este trabalho e tenho certeza que este projeto que hoje é piloto, tem condições de expandir não só para todo Mato Grosso  como para todo o país”, destacou Macedo.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Vilmondes Sebastião Tomain visitou o estande do Projeto de Revitalização da Bacia do Córrego Fundo e ressaltou que o setor produtivo apoia iniciativas como essa que concilia a produção e a conservação do meio ambiente. “Gosto deste projeto e acho que isso deveria ser obrigação de todo o segmento do agronegócio. Todos querem ter a condição legal daquilo que você pratica no meio rural, tanto na agropecuária quanto na agricultura e sei que isso precisa de um estudo científico para acontecer”, ressaltou Vilmondes.

O coordenador geral da Empaer - MT, Camilo Sávio explicou que o objetivo da FEAFTUR é trazer o produtor rural para demonstrar e comercializar o seu produto, dando visibilidade para a agricultura familiar. Contudo, Camilo Sávio destaca que a presença da Ciência, representada pelos pesquisadores vinculados ao CBH do Alto Araguaia e o CPP, UFMT na 38° Expoleste tem o propósito de lembrar ao produtor a importância da água durante este processo de produção.  “Para produzirmos precisamos de ter água. Sem água não se produz nada. O CBH e CPP estão aqui para compartilhar o trabalho bem feito na  Bacia do Córrego Fundo, onde vem recuperando, levantando oportunidades e que posteriormente vamos ter um monitoramento desta recuperação”, finalizou.
 
O projeto piloto de Revitalização da Bacia do Córrego Fundo é um projeto que tem como um dos objetivos principais recuperar os processos de degradação de Áreas de Preservação Permanentes, conservando os recursos hídricos. Além disso, o projeto visa implantar soluções sustentáveis de saneamento rural residencial.

O projeto atua nas propriedades rurais inscritas com o Cadastro Ambiental Rural (CAR), recuperando o passivo ambiental e incentivando a recuperação das áreas de uso produtivo.

Para a vice-presidente do CBH do Alto Araguaia, Cristhiane Vasconcelos, a intenção do Projeto é criar uma referência de estímulo para os outros municípios da Bacia do Alto Araguaia.

Alguns resultados parciais do projeto piloto foram apresentados ao público da 38° Expoleste, são eles:
 
●             Identificação, seleção e isolamento das nascentes;
●             Recuperação de 25 hectares de Áreas de Preservação Permanente em propriedades parceiras;
●             Avaliação da vazão, qualidade e nível da água ao longo da bacia do Córrego Fundo;
●             Monitoramento da qualidade da água consumida nas propriedades parceiras;
●             Levantamento das espécies de plantas nativas;
●             Capacitação de produtores e parceiros locais em "Recuperação de Nascentes" e "Conservação de Solos (terraços), e adequação de estradas rurais";
●             Construção de bacias de contenção e implantação de 350 hectares de terraços em propriedades parceiras.
 
O projeto de Revitalização é uma referência para a garantia de quantidade e qualidade de água na região do Araguaia e tem como apoiador o Banco Bradesco S.A.
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90