14/06/2013 às 18h14min - Atualizada em 14/06/2013 às 18h14min

Termina hoje a maior festa de Santo Antônio de Mato Grosso

Olhar conceito
Olhar Direto

Foram quatorze dias de atrações e atividades religiosas na maior festa de Santo Antônio em Mato Grosso, no município de Barra do Garças, que tem o santo casamenteiro como padroeiro antes mesmo de sua emancipação. Os pioneiros contam que a ligação do santo com a cidade de Barra começou ainda quando a cidade era um povoado, em 1924, por intermédio da família do ex-prefeito Ladislau Cristino Cortes onde o pai dele, coronel Antônio Cristino Cortes, se tornou devoto de Santo Antônio após alcançar a cura de um enfermidade. Antônio ao lado de Francisco Dourado foram responsáveis pela fundação do que era chamado Barra Cuiabana e depois se tornou Barra do Garças.

Esse fato reforçou a tese de que Santo Antônio não é só casamenteiro, mas também um santo para quem realmente tem fé. Em 1951, a festa de Santo Antônio passou a fazer parte do calendário da cidade do mesmo jeito que é realizada hoje com barraquinhas, comidas típicas, procissões, novenas e missas.

A tradição é mantida até hoje. A programação religiosa segue hoje com a procissão do santo por volta das 17 horas, depois de uma missa e a noite a visitação a praça de alimentação, parque de brinquedos. A presença da Polícia Militar durante todo o período de festa foi um aspecto positivo porque não foi registrada nenhuma ocorrência de gravidade no local.

Presente na festa, o prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, elogiou a organização, “Foi uma festa muito bonita e a população compareceu em grande número, temos certeza que crescerá a cada ano”. O prefeito destacou que essa festa já está incorporada ao calendário turístico da cidade e gera centenas de empregos durante 14 dias. “A nossa contribuição será a reforma da praça da Matriz que se tornará uma das mais bonitas de Mato Grosso e no ano que vem o povo terá mais orgulho de participar deste evento”, completou.

O vereador Miguelão Moreira elogiou a direção da festa sob comando do padre Inácio que se tornou muito popular na cidade pela frase “a festa de Santo Antônio está bombando” que é constantemente repetida pelas pessoas. Participaram da penúltima noite ainda os vereadores Odorico Kiko, Welinton Mandioquinha e Geralmino Neto.

“Eu tenho que agradecer a população pela participação porque aqui não vieram somente os católicos, mas os evangélicos, espíritas e de outras denominações”, destacou o padre Inácio. Outra presença marcante no evento foi do leiloeiro Baiano Doido que bateu recorde na comercialização de prendas de até 700,00.

Simpatia

O folclore que se tem de Santo Antônio ser casamenteiro se deve ao fato que em vida ele ajudou acontecer vários casamentos, pois detinha certa condição financeira e procurava já fazer o bem para as pessoas. Depois que se tornou santo, ganhou a fama de casamenteiro.

Em Barra, existe a tradição de colocar um pedido de casamento dentro de uma caixinha próximo ao altar do santo e algumas mais radicais aonde os pretendentes chegam a amarrar a imagem do santo de cabeça pra baixo ou colocar dentro de tanque com água e passar a mão no pau de sebo.

Essas tradições fazem parte do folclore brasileiro e estão vivas até hoje em Barra do Garças que hoje comemora o santo casamenteiro. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%