Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
20/03/2015 às 18h16min - Atualizada em 20/03/2015 às 18h16min

Mulher que nasceu e mora a 22 anos na mesma casa é despejada por juiz na Barra

Ronaldo Couto
Araguaia Noticia

A jovem Jéssica Oliveira da Silva, que nasceu e mora a 22 anos na mesma casa, inclusive construída pelos pais dela no bairro Nova Barra em Barra do Garças, foi despejada sexta-feira (20/03) numa decisão de liminar tomada pelo juiz Jurandir Castilho da comarca barra-garcense.

Chorando, a moça disse que foi enganada por um cidadão chamado Sergio que se ofereceu no ano passado para regularizar a documentação da casa dela.

Só que o individuo ‘sumiu’ com a documentação e vendeu a casa de Jéssica para outra pessoa, identificada como Dolor Matos. Este por sua vez, ingressou com ação de despejo no Fórum de Barra contra a jovem.

“Nós tentamos mostrar ao juiz que essa jovem nasceu aqui e que foi enganada e pedimos um prazo para esclarecer essa situação, porém não fomos ouvidos”, frisou o vereador e advogado Joãozinho que saiu em defesa da garota.

O líder comunitário Zé Neto, foi até a casa de Jéssiva para evitar o despejo. Ele conversou com os oficiais de Justiça para dar um prazo a moradora, todavia não conseguiu convencê-los. “Nós falamos com a defensora Lindalva Ramos, ela recorreu desta situação em Cuiabá, porém o resultado somente será conhecido terça-feira”, explicou.

O despejo de Jéssica revoltou os moradores do setor que conhecem a história dela. Um caminhão foi utilizado para retirar os móveis da moradora despejada. O advogado Joãozinho permaneceu no Fórum no período da tarde tentando falar com o juiz Jurandir Castilho para sensibilizado no sentido de não despejar a moça, mas até por volta das 19 horas não tinha conseguido isso. 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90