Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
08/03/2022 às 18h33min - Atualizada em 08/03/2022 às 18h33min

Associados da Campileite querem Assembleia Geral para afastar Jeovan da presidência

Por conta da cassação sofrida pelo atual presidente, enquanto prefeito de Campinápolis, lei federal prevê inelegibilidade

Araguaia Notícia
A tensão entre os produtores de leite do Araguaia e o presidente da Campileite, Jeovan Faria, ganhou um novo capítulo nesse último final de semana.

Por meio de liminar, Faria conseguiu suspender a Assembleia Geral Extraordinária que havia sido marcada para o domingo (6).

Sua defesa se baseou na ausência de pedido expresso para a realização da assembleia em requerimento, verificando-se inobservância quanto ao estatuto da Cooperativa.

Contudo, o advogado representante dos produtores, Marcelo Batista de Faria acredita que a manobra feita por Jeovan foi uma tentativa de intimidar os associados. 

Marcelo reiterou que os produtores já iniciaram novo trâmite para convocação de uma assembleia da Campileite. Caso tenham êxito, é esperado que os associados votem pela remoção de Jeovan do cargo de presidente da Cooperativa.

A principal justificativa para tirar o atual presidente, segundo o advogado dos associados, seria baseado no artigo 51 da Lei federal do Cooperativismo n. 5.764/71, que prevê inelegibilidade aos condenados a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos. 

"Por conta desta inelegibilidade, os associados temem que as decisões enquanto Jeovan é presidente possam ser revogadas", informou

Jeovan Faria sofreu cassação de seu mandato como prefeito de Campinápolis em 2017, acusado de abuso de poder político e violação do princípio da isonomia do processo eleitoral.

O Semana7 questionou o presidente da Campileite quanto à justificativa apresentada pelos associados. Para ele, a fundamentação não tem sentido algum, tendo em vista que o processo ainda está em andamento em segunda instância em Cuiabá.

"Além disso, a atual diretoria foi devidamente registrada na Junta Comercial do Estado de Mato Grosso (Jucemat)", finalizou.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »