28/10/2021 às 09h43min - Atualizada em 28/10/2021 às 09h43min

Produtor Rural que matou ex-sogro no Araguaia é condenado a 29 anos de prisão

Olho no Araguaia
Olho no Araguaia
Olho no Araguaia via Araguaia Notícia

O júri para o julgamento do réu Ari Pacheco, acusado  pela morte de Delci  Weissheimer (Laco ), teve início as 8h da manhã de ontem quarta feira (27).

Os trabalhos duraram cerca de 14 horas, envolvendo os depoimentos das testemunhas arroladas pela defesa e pela acusação, bem como os debates entre o advogado de defesa João Rodrigues de Souza e a acusação representada pelo promotor de justiça Dr. Luis Alexandre Lentisco.

Familiares tanto da vítima como do réu estiveram presentes e acompanharam todos os debates.

Houve momentos de apreensão, como no momento do depoimento do réu Arí Pacheco, perante o juiz, ele acabou confessando o crime.

Após o Conselho de Sentença formado por sete jurados acompanhar todas as etapas, no final, e de forma sigilosa, cada membro realizou a votação dos quesitos estabelecidos para então o resultado final ser proferido.

Exatamente as 22h, o juiz Dr. Jean Louis Maia Dias que presidiu o júri, leu a sentença, e o réu Arí Pacheco, acabou sendo condenado a 29 anos 9 meses e 8 dias de prisão (reclusão), e mais 1 ano e 10 dias de detenção.

O advogado do réu afirmou que irá recorrer da sentença.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.4%
17.2%
77.1%