26/07/2021 às 11h56min - Atualizada em 26/07/2021 às 11h56min

Adolescentes que espancaram motorista também roubaram relojoaria e confessam que queriam carro para "passear"

Olhar Direto
Araguaia Notícia
Os cinco menores de idade envolvidos no assalto a uma motorista de aplicativo em Tangará da Serra (244 km de Cuiabá), que foi espancada e atirada de cima de uma ponte no Rio Sepotuba após se fingir de morta, confessaram o crime após terem sido apreendidos na tarde deste sábado (24). Na ocasião, eles relataram que roubaram o carro da mulher apenas para passear, e também revelaram que após esta ação criminosa, no mesmo dia, viajaram até Nova Olímpia (204 km de Cuiabá), onde também roubaram uma relojoaria. 

Para a Polícia Militar de Tangará da Serra, a violência praticada no crime e a frieza dos menores chamaram a atenção. Isto porque os infratores agiram sequer demonstraram arrependimento, inclusive com a intenção de matar a vítima, quando a jogaram da ponte para não serem reconhecidos, conforme informou a corporação. 

De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 1h da madrugada do último sábado (24) quando a motorista aceitou uma corrida no bairro Barcelona. Assim que o motorista parou o carro no local indicado, os quatro homens entraram no veículo simulando uma conversa de que estariam indo para uma festa. Pouco tempo depois, anunciaram o assalto, dominaram e torturaram a vítima, usando uma arma de fogo para tirá-la do volante. 

Quanto à motivação do crime, esta surpreendeu ainda mais os policiais militares, porque conforme o que foi dito após a captura, os menores cometeram o ato infracional apenas para passear com o automóvel e, sequer, souberam informar outra motivação para o roubo. 

Roubo em Nova Olímpia

De acordo com a Polícia Militar de Tangará da Serra, após terem sido apreendidos pelo crime brutal contra a motorista, os menores também confessaram outro crime, no mesmo dia, na cidade vizinha de Nova Olímpia, desta vez pelo roubo a uma joalheira.

Além disso, imagens do circuito de segurança do estabelecimento também comprovaram a participação dos mesmos na ação criminosa. Durante a apreensão, eles ainda apresentavam itens subtraídos do local. Na ocasião, a quadrilha com os menores quebraram a vidraça do local e efetuaram um assalto ao empreendimento, roubando peças valiosas.

O montante do prejuízo ainda não foi revelado. (Com informações do portal Bem Notícias)

Assista o vídeo (32s):

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
18.5%
74.4%