12/06/2021 às 16h27min - Atualizada em 12/06/2021 às 16h27min

Polícia encontra caminhonete de assaltante de banco na casa de suposto inocente morto na ação do Bope

Reportagem: Luis Vinícius / Hipernotícias 

Uma caminhonete Chevrolet S-10 de Romário Batista de Oliveira, 35 anos, morto em confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope), foi encontrada pela Polícia Civil na residência de Luiz Miguel Melek, 39 anos, na cidade de Alta Floresta (800 km de Cuiabá).

Romário, Luiz Melek e Maciel Gomes de Oliveira, 37 anos, são suspeitos de terem roubado duas agências bancárias, na cidade de Nova Bandeirantes (1.200 km de Cuiabá), no dia 4 de maio. Seis dias depois (10 de maio), o trio, mais um homem ainda não identificado, morreu em um confronto com o Bope.

Logo após as mortes, a família do suposto inocente procurou a imprensa local e afirmou que Luiz Melek não era criminoso e que ele morreu por engano. Os familiares acrescentaram que no dia do roubo a banco, Luiz Miguel estava no Paraná e chegou apenas essa semana em Mato Grosso para fazer um frete em Nova Bandeirantes.

Entretanto, em boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil, além da caminhonete de Romário ter sido encontrada na casa de Luiz Melek, os investigadores descobriram que os envolvidos eram amigos no Facebook. O documento foi registrado na sexta-feira (11) pela Polícia Civil de Alta Floresta.

O caso vai ser investigado pela Polícia Civil. Até a publicação da matéria, a Polícia Militar não havia informado qual era a função de Luiz Melek no grupo criminoso.

Invasão das agências

Armados com fuzis e espingarda calibre 12, os criminosos invadiram as agências no período da manhã de sexta-feira (4) e fizeram funcionários e clientes reféns.  

Os policiais disseram que os criminosos fizeram os reféns de escudo humano por cerca de 15 minutos. Na sequência, eles efetuaram alguns tiros que atingiram duas pessoas. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital Regional de Alta Floresta (a 790 km de Cuiabá) e já receberam alta hospitalar.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%