30/12/2020 às 12h35min - Atualizada em 30/12/2020 às 12h35min

Mulher que teve parte da orelha arrancada em mordida volta a ser agredida pelo marido




Mulher de 33 anos, que teve parte da orelha arrancada pelo namorado durante um episódio de violência doméstica em novembro, voltou a ser alvo das agressões do suspeito. Dessa vez, na madrugada de terça-feira (29), ela voltou a ser agredida e a receber novas mordidas, causando lesões no seu corpo. Suspeito foi preso em flagrante pela PM.
 
Policiais foram acionados para atender o caso no bairro Jardim dos Ipês, em Cuiabá, por volta das 3h40. Quando chegaram, encontraram um suspeito com uma mala de roupas tentando fugir do local. Ele foi detido até o entendimento da ocorrência – sendo preso em flagrante na sequência.
 
Vítima contou que vem sofrendo com violência doméstica e depois de um desentendimento motivado por ciúme, passou a ser agredida e recebeu várias mordidas pelo corpo, causando lesões nos ombros, boca e no pescoço.
 
Temendo pelo pior, pegou uma faca para se defender. O agressor não se intimidou e ainda foi para cima da vítima, que conseguiu ferir ele com um corte no braço – que foi superficial. Só assim ele parou.
 
Ele até tentou fugir com uma mala cheia de roupas, mas a PM chegou em tempo de dar voz de prisão.
 
Orelha lesionada

Segundo a vítima, essa é a segunda denúncia que faz contra as agressões sofridas pelo homem. Em novembro deste ano, durante uma briga, ela teve parte da orelha arrancada pelo suspeito.
 
Ela precisou passar por cirurgia de reconstrução. Na época, PM chegou a procurar o agressor, mas ele não foi localizado. Quando teve alta médica, a vítima acabou reatando o relacionamento com o homem.
 
Agora, ela foi encaminhada para a Delegacia de Defesa da Mulher, podendo solicitar medidas protetivas contra ele, que recebeu atendimento médico e foi levado para o plantão da especializada.


Fonte: Yuri Ramires / Gazeta Digital 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%