25/05/2020 às 15h34min - Atualizada em 25/05/2020 às 15h34min

Com barreiras sanitárias, Torixoréu é um dos poucos municípios de MT sem caso positivo de coronavírus

As medidas preventivas adotadas pela cidade foram elogiadas pela Secretaria Estadual de Saúde

Assessoria
ARAGUAIA NOTÍCIA
Prefeita Inês Coelho e equipe da Saúde na luta para evitar a Covid em Torixoréu


A cidade de Torixoréu está conseguindo atingir seu objetivo de não registrar casos positivos do novo coronavírus. O município é um dos poucos do Estado que ainda não entrou na triste estatísticas da Covid-19, recebendo elogios da Secretaria de Estado de Saúde pelas medidas de prevenção tomadas desde o início da pandemia.

Com a adoção de barreiras sanitárias, critérios rigorosos de acesso à cidade para pessoas vindas de outras regiões do país, e normas para o funcionamento do comércio, Torixoréu é apontada como modelo para outros municípios, que não fizeram o dever de casa, e registraram casos, inclusive, com óbitos.

Desde o início da pandemia, a prefeita Inês Coelho, com o apoio do comitê responsável pelas medidas de prevenção, formado por membros das secretarias de Saúde, Educação, Planejamento e Administração adotou uma série de ações para evitar que a Covid-19 chegasse à cidade. Entre as medidas estão as barreiras nas entradas e saídas do município.

Quem se desloca a partir de Barra do Garças, Ribeirãozinho ou Baliza (GO) passa por uma rigorosa inspeção sanitária para ter o livre acesso à cidade. Além de evitar a chegada do coronavírus, as barreiras tem colaborado também para reduzir o índice de criminalidade, pois, conta com o apoio irrestrito da Polícia Militar.



Além das barreiras, que checam a origem do destinatário, o comércio de Torixoréu tem funcionamento normalmente, porém, com regras que evitam aglomerações, seguindo desta forma as orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde. Os comerciantes aprovam as medidas por entender que visam proteger a vida dos cidadãos do município.

Nesse período de pandemia, as ações tem desagradado àqueles que não moram na cidade, mas a prefeita Inês Coelho entende o posicionamento dos que são contrários, reafirmando que o objetivo não é impedir quem entra em Torixoréu, e sim garantir que a população seja protegida de um vírus que não tem cura e que pode matar.

A prefeita pede a compreensão de todos, pois, acredita que esse momento vai passar e Torixoréu estará de portas abertas para recepcionar aqueles que gostam de visitar a cidade.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%