Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
28/12/2016 às 06h35min - Atualizada em 28/12/2016 às 06h35min

Prefeito de Barra descarta candidatura em 2018 e afirma que fará segundo mandato melhor que o primeiro

Ideal Notícia / Caiapônia
Edevilson Arneiro - Secom/BG

O prefeito de Barra do Garças Roberto Farias (PMDB) obteve uma votação expressiva nas eleições de outubro, ele foi reeleito com 20.275 votos, a maior votação da história política do município. A diferença para os outros candidatos também foi grande, Roberto teve 14.711 votos a mais que o segundo colocado, a diferença para o terceiro colocado foi de 18.088.

Em outubro uma pesquisa de avaliação apontou uma grande aprovação do gestor, índice que explica a expressiva votação nas urnas. Roberto obteve 6,6% de ótimo, 47,9% de bom e 29,9% de regular, totalizando 84,4%, ruim e péssimo juntos somaram 12,9% e 2,7% não souberam responder.

As vésperas de iniciar o seu segundo mandato a frente da prefeitura de Barra do Garças, Roberto Farias concedeu uma entrevista exclusiva ao site Ideal Notícia/Folha de Caiapônia.

O senhor encerra o mandato com aprovação altíssima e obteve nas urnas uma votação extraordinária, especialmente levando em consideração o atual momento político do país, a que se deve esse respaldo da população a sua gestão?

Diante do cenário preocupante usamos a criatividade e mesmo cortando gastos conseguimos fazer a máquina pública funcionar, não ficamos parados esperando, fomos atrás de deputados, senadores e conseguimos recursos possibilitando a realização de diversas obras no município, através da economia que fizemos foi possível obras com recursos próprios como a revitalização da praça da matriz e avenida perimetral. Conseguimos avançar em todos os setores, especialmente saúde, educação, social, infra estrutura, turismo, cultura, sustentabilidade e transparência, a população reconheceu nosso esforço, que mesmo nesse momento de crise avançamos bastante, não como queríamos, mas dentro da possibilidade.

Nesse mandato que inicia dia 1º de janeiro, semana que vem, qual será sua prioridade, as primeiras ações?

O grande desafio continua sendo equilibrar as finanças públicas, pois os repasses da união são insuficientes e o estado, principalmente na saúde está atrasando os repasses o que dificulta ainda mais esse equilíbrio, mas não vamos desanimar, ao contrário, vamos esforçar ainda mais para que Barra do Garças continue desenvolvendo, com sustentabilidade, e ampliar os investimentos em setores primordiais como saúde, educação, social e infra estrutura, esperamos a recuperação do País para a conclusão das obras que dependem dos governos federal e estadual como Anel Viário, conclusão das casas do residencial carvalho, centro de convenções, dentre outras, buscaremos investimentos para avançar ainda mais na saúde e continuar atraindo investidores para a geração de emprego e renda, os desafios são muitos mas vamos de forma criativa e com muito trabalho, fazer um segundo mandato melhor que o primeiro.

Quanto a sua equipe de governo, alguma mudança ou manterá a mesma equipe?

Temos feito algumas mudanças pontuais desde outubro, são algumas mudanças mas a base será mantida, nesses últimos dias estaremos concluindo o secretariado para serem empossados no próximo domingo.

Qual o conselho que o senhor dá para os prefeitos que estão assumindo o mandato agora, diante dessa crise econômica?

"O político não pode se distanciar do eleitor, tem que estar próximo e estar atento porque estamos no cargo justamente para representar a vontade popular"

Como o FPM está em queda, assim como os demais repasses ao município o conselho é que entrem com pé no chão, o momento é de cortar gastos e ouçam a população, fui questionado por um repórter sobre que conselho eu daria para o presidente Michel Temer, isso foi quando ele assumiu o governo federal, eu respondi, quem sou eu para me atrever a dar conselho a um presidente da República, mas já que perguntou, eu falaria pra ele ouvir as ruas, o político não pode se distanciar do eleitor, tem que estar próximo e estar atento porque estamos no cargo justamente para representar a vontade popular, então o principal conselho aos novos gestores é esse, ouça a população.

O senhor irá concluir o mandato? Comenta se que pode afastar para disputar as eleições de 2018? 

Fui eleito para estar à frente do executivo por 4 anos e cumprirei o mandato até o final se Deus assim permitir, com a votação expressiva que tivemos de 20.275 votos (72,34%) não poderia jamais me afastar do cargo. Mas o momento não é sequer de pensar em disputa eleitoral e sim de administrar para a melhoria de qualidade de vida de toda a população.

Como será a relação do Executivo com o legislativo? Houve uma grande renovação, o senhor teme algum problema com a câmara?

Relação de independência e respeito, pois são poderes diferentes mas é preciso ter harmonia, com isso, a população toda ganha, respeitamos todos os vereadores eleitos, tanto os que retornam a casa como os novos eleitos, estamos tranquilos quanto a isso, até porque todos queremos o melhor para Barra do Garças.

Que recado deixa para a população de Barra do Garças neste final de ano? 

Desejo a todos muita união, saúde, paz, amor e felicidade, que apesar do momento difícil que atravessa o País e consequentemente o estado e o município, continuemos acreditando e lutando por um mundo melhor para as próximas gerações e que podem contar conosco, nossa responsabilidade aumentou com a votação que obtivemos nas urnas. Um feliz 2017 a todos.

 

 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90