01/05/2011 às 17h30min - Atualizada em 01/05/2011 às 17h30min

Carreta tomba no centro de Barra

Cadê o anel viário?

Olhar Direto
Ronaldo Couto É o terceiro acidente no centro da BG. Cadê o anel viário?

Uma carreta tombou em Barra do Garças (a 509 quilômetros de Cuiabá), por volta da meia noite desta sexta-feira (29), ao contornar a praça do Garimpeiro praticamente em cima da faixa de pedestre. O veículo estava carregado de soja e a carga acertou a porta de um bar. Ninguém ficou ferido.

O motorista que é de Catalão (GO) disse aos policiais que quando avistou a rotatória já estava em cima e tentou reduzir a velocidade e o vagão pendeu para lado devido à carga de grãos. Como o acidente aconteceu de madrugada, só agora pela manhã que a transportadora está providenciando a retirada da carga e liberação da pista que continua interditada.

Os veículos que descem avenida João Alberto são obrigados a contornar pela rua Valdir Rabelo. No caso das carretas que seguem viagem para fora do Estado seguem pela rua Pires de Campos e depois viram na avenida Antônio Bilego para chegarem ao posto fiscal de Pontal do Araguaia.

Mais dois acidentes ocorreram neste ano, no mesmo lugar. Em março, uma carreta de dois eixos tombou na mesma praça Garimpeiro com um dos eixos acertando uma caminhonete S-10 que estava estacionada enfrente ao Banco do Brasil.

Dias depois, um caminhão carregado de bois também perdeu o freio ao subir a praça do Garimpeiro. O veículo descia a avenida João Alberto, durante o dia. O caminhão quebrou o meio-fio, os bancos de cimento e um telefone temático da Onça Pintada.

O tráfego de carretas e caminhões no centro de Barra do Garças tem causado transtornos e congestionamentos constantes. Mais de mil veículos pesados passam pela cidade diariamente. A população aguarda ansiosamente a construção de um anel viário para retirar o tráfego pesado do município.

Um anteprojeto de R$ 80 milhões para construção do anel viário, com duas pontes e um desvio de 14 km, tramita em Brasília há 12 anos, mas sem resposta do governo federal.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%