Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
11/09/2023 às 14h35min - Atualizada em 11/09/2023 às 14h35min

Posto telegráfico no distrito de Voadeira, em Barra do Garças, começou a ser restaurado

Estão sendo investidos cerca de 150 mil reais por meio do edital da Secel-MT.

Araguaia Notícia
Araguaia Notícia com Secom-BG

A Prefeitura de Barra do Garças, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, irá realizar a recuperação do posto telegráfico e requalificação da praça Marechal Rondon, localizada no distrito de Voadeira. A restauração foi obtida por meio do edital Preservar da Secretaria de Estado de Cultura e Lazer (Secel-MT), e estão sendo investidos R$ 146.054,45 mil reais na obra.

De acordo com o secretário de Cultura, Alessandro Matos, o telégrafo é um patrimônio muito importante para a história de Barra do Garças e para o país. “No final dos anos 90, foi tombado como patrimônio histórico do Estado de Mato Grosso pelo Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan), e a sua recuperação dará uma nova vida ao distrito de Voadeira e no próximo ano teremos ações no distrito”, disse.

O prefeito, Dr. Adilson, ressaltou que estava muito feliz em visitar o Museu Marechal Rondon, que será restaurado a partir deste edital da Secel. “É o que sempre digo, um país que não valoriza o passado, está fadado a não ter um futuro de qualidade”, disse.

A obra foi iniciada na última semana, e além do posto telegráfico e da praça, será restaurada uma construção da Associação, visando melhorias no distrito que irá  receber visitas constantes de turistas. No momento, a equipe já deu início na desmontagem do espaço e na preparação da área nos entornos para que haja intervenção na praça. O prazo para conclusão da obra é de 180 dias a partir do início das atividades.

História

Datado no século XX, o capitão do exército, Marechal Cândido Rondon foi nomeado para assumir a responsabilidade de construir as linhas telegráficas, que ligaria a região interiorana de Mato Grosso à capital, na época ainda era o Rio de Janeiro. Desta maneira, foi realizada uma ligação da capital até a divisa com a Bolívia, atravessando todo o estado de Mato Grosso.

No início do século XX, Marechal Cândido Rondon foi nomeado para realizar a ligação telegráfica de comunicação entre os estados do sudoeste, partindo da capital, que ainda era o Rio de Janeiro, até a divisa com a Bolívia, atravessando todo o estado de Mato Grosso. 

A tarefa foi iniciada no ano de 1905, se estendendo até 1920, quando foi construída a casinha do telégrafo, sendo esta também a primeira construção urbana de Barra do Garças, anterior até mesmo à instalação da Vila Garimpeira.

O posto telegráfico esteve em funcionamento até quase o início dos anos 60, e no final dos anos 90, o Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) o tombou como patrimônio histórico do Estado de Mato Grosso.  O museu Marechal Rondon é também o único patrimônio histórico tombado pelo Instituto no município.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90