Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
03/03/2022 às 06h51min - Atualizada em 03/03/2022 às 06h51min

Janaina Riva assumirá presidência da Assembleia de MT pela 2ª vez

Deputada vai comandar sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Araguaia Notícia
G1 MT 
ARAGUAIA NOTÍCIA 


A deputada estadual e vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Janaina Riva (MDB), vai assumir provisoriamente a presidência da Mesa Diretora da Casa de Leis na próxima semana.

A parlamentar irá presidir à Assembleia Legislativa na semana da mulher, inclusive durante a sessão solene marcada para segunda-feira (7) em homenagem ao Dia Internacional da Mulher - comemorado no dia 8 de março.

Segundo Janaina, o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM) decidiu não assumir a ALMT até que o STF - Supremo Tribunal Federal julgue o mérito de uma decisão que determinou seu retorno ao cargo.

“A pedido do presidente Botelho, eu assumo interinamente, vou presidir a sessão de quarta-feira (9) e fico até o retorno dele. O presidente deve voltar até o final da próxima semana, mas sem a data definida”, disse Janaina.

Questionada se haveria necessidade de uma nova posse da Mesa Diretora da ALMT, a deputada destacou que não há necessidade de formalização do ato. De acordo com a parlamentar, a posse da mesa já aconteceu no ano anterior.

A deputada argumentou que não é a primeira vez que comanda o Legislativo Estadual e destacou que a semana é especial e simbólica.

Ela foi a primeira mulher a tomar posse no cargo, em abril de 2019 e ficou por 50 dias na presidência da Casa de Leis.

Decisão do Supremo

Na semana passada, o STF determinou o retorno imediato do deputado estadual Eduardo Botelho ao comando da Mesa Diretora da ALMT. A decisão liminar foi proferida em 23 de fevereiro pelo ministro Alexandre de Moraes.

O julgamento do mérito para o retorno do parlamentar começou na última sexta (25), no entanto, o ministro decidiu derrubar a medida cautelar que suspendeu a eleição que reelegeu Eduardo Botelho para à presidência da ALMT para os anos de 2021 e 2022.

“Em vista do exposto, revogo a decisão cautelar e restauro a eficácia da eleição realizada pela Assembleia Legislativa na Sessão Ordinária de 10/6/2020, para composição da Mesa Diretora no biênio 2021-2022, com a consequente recondução imediata de seus membros aos cargos antes ocupados, até o julgamento final da presente ação direta”, disse em trecho da decisão.

O pedido de anulação da posse de Eduardo Botelho no ano passado foi feito pelo partido Rede Sustentabilidade, com o argumento de que a recondução dele ao cargo pela terceira vez era inconstitucional, e acolhido pelo STF.

Em fevereiro de 2021, a Assembleia informou o cumprimento da decisão, com a eleição de uma nova Mesa Diretora, onde Max Russi (PSB) foi eleito.

CLIQUE AQUI  e entre no grupo de whatsApp do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real

CLIQUE AQUI e entre no grupo do telegram do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real
 
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »