23/11/2021 às 16h41min - Atualizada em 23/11/2021 às 16h41min

UFMT lança nesta quinta (25/11) documentário comemorativo aos 40 anos do Campus de Barra do Garças e Pontal do Araguaia

Beatriz dos Santos Passos / Secom UFMT
SECOM UFMT
Foto: Redes Sociais UFMT Araguaia
Será lançado nesta quinta-feira, 25/11, um documentário sobre os 40 anos do campus da UFMT no Araguaia, que abrange as cidades de Pontal do Araguaia e Barra do Garças - MT. O documentário procurou ouvir alunos e ex-alunos da instituição.

Há 40 anos, ampliando o alcance da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o Câmpus Universitário do Araguaia atua nas cidades de Pontal do Araguaia e Barra do Garças. Com mais de 2400 Estudantes, 200 docentes e 70 servidores técnicos, oferece 16 cursos de graduação, além de programas de pós-graduação em Lato Sensu e mestrados. Todos os anos o câmpus abre as portas para centenas de novos alunos por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação.

No câmpus são oferecidos os cursos de Agronomia, Ciência da Computação, Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil, Física, Matemática, Química, Jornalismo, Direito, Geografia, Letras, Biomedicina, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem e Farmácia. A partir do Exame Nacional do Ensino Médio, por meio do Sisu, estudantes do país inteiro podem ingressar na instituição.

“A maioria dos cursos do Campus Universitário do Araguaia são nota 3 ou 4, demonstrando que são cursos de boa qualidade. Além disso, todas(os) as(os) docentes concursados são mestres, doutores ou pós-Doutores e o corpo docente conta com experiência em ensino, pesquisa e extensão trazendo benefícios para a sociedade local, regional, nacional e internacional”, salientou o gerente de graduação e extensão, professor Marcel Carlos Lopes Félix.

Já na pós-graduação, há pesquisas de mestrado em Imunologia e Parasitologia, Ciências de Materiais. Além disso, o Câmpus conta com mestrados profissionais em Matemática, Física, Enfermagem e Saúde da Família.

Ações garantem a permanência de estudantes

Visando a permanência e assistência econômica para os estudantes, nas instalações do câmpus universitário têm transporte gratuito da própria UFMT. Aos discentes de baixa renda são concedidos auxílio moradia, auxílio permanência e auxílio alimentação. Eles também contam com o Restaurante Universitário (RU) totalmente gratuito ou com custo mínimo para café da manhã, almoço e jantar.

“Para estudantes de baixa renda os auxílios podem ultrapassar R$ 800, como forma de incentivo aos estudos. Isso sem contar que há diversos tipos de Bolsas relacionadas a projetos acadêmicos, geralmente,em torno de R$ 400,00 , que auxiliam na manutenção do aluno na Universidade”, explicou .

Vale ressaltar que o Câmpus Universitário do Araguaia conta com dezenas de salas de aula, laboratórios, museu, planetário, auditório, núcleo de práticas jurídicas, centro de pesquisa e bibliotecas. “Diante da estrutura e reconhecimento das atividades, percebe-se a força que o Campus Universitário do Araguaia tem e que nos seus 40 anos de existência coleciona muitas histórias e benefícios para a sociedade”, finalizou o gerente de graduação e extensão.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.1%
75.2%