25/10/2021 às 11h16min - Atualizada em 25/10/2021 às 11h16min

Fantástico mostra influencer de VG que atropelou criança; vítima recebe alta

Casos de menores se exibindo em motocicletas não é raro no Brasil

Fantástico / Tv Globo via Araguaia Notícia 

Em busca de popularidade nas redes sociais, crianças e adolescentes estão se arriscando em cima de motos. São vídeos que circulam na internet, com manobras e exibicionismo. Mas o flerte com o perigo quase terminou em tragédia. Em Mato Grosso, uma influencer atropelou uma criança de 6 anos, que teve traumatismo craniano.

Segundo as informações, o garoto Hyan Patrick deu entrada no HMC (Hospital Municipal de Cuiabá) com ferimentos graves. Na última sexta-feira, após 16 dias de internação, ele recebeu alta.

CLIQUE AQUI, entre no grupo do ARAGUAIA NOTÍCIA e receba informações em tempo real 

A jovem que pilotava a moto tinha 14 mil seguidores no perfil em que publicava vídeos empinando motos sem capacete e até mesmo na contramão de uma estrada.

A mãe da criança, em depoimento, admitiu que sabia que a filha adolescente andava de moto. Contudo, não tinha conhecimento de que ela fazia manobras perigosas, nem que postava vídeos nas redes sociais.

Menor a partir dos 16 anos tem permissão apenas para pilotar motos de até 50 cilindradas. Mas é fácil encontrar na internet adolescentes se exibindo em motos mais potentes.

Entre os vídeos, chamam a atenção os de uma menina de 7 anos. Segundo a mãe, aos 3 anos, a menina ganhou uma moto elétrica. Depois, aos 5, começou a participar de competições oficiais de arrancadas e de motocross para crianças.

"Pouco importa se é estrada de terra, que seja na fazenda. Não pode, de jeito nenhum", diz Luiz Miguel Miranda, do Núcleo de Estudos de Logística e Transporte da UFMT.

Na terça-feira passada, o Senado aprovou um projeto para proibir a repetição de casos como os da reportagem. O Código de Trânsito deve considerar infração gravíssima o ato de divulgar, publicar ou disseminar imagens de infrações que coloquem em risco a própria segurança e de terceiros.

Pela proposta, vídeos e fotos desse tipo não podem ser exibidos em redes sociais ou quaisquer outros meios de divulgação digitais, eletrônicos ou impressos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.4%
17.2%
77.1%