19/06/2021 às 21h36min - Atualizada em 19/06/2021 às 21h36min

Golpista vai a Correios com documento falso e retira cartão de crédito de empresário

Funcionários perceberam depois a situação e conseguiram avisar a vítima. A polícia acredita que o criminoso pretendia usar o cartão do empresário para fazer compras

Araguaia Notícia
Nesse período de pandemia prolifera a quantidade de golpes na internet e até mesmo de forma presencial.  Na cidade de Piranhas-GO, a 90 km de Barra do Garças-MT, a Polícia Civil e a Polícia Militar estão empenhadas para identificar quem foi o golpista que foi até agencia dos Correios daquela cidade pegar um cartão de crédito em nome de um empresário, proprietário de um laticínio.

O fato teria ocorrido na sexta-feira (17/6), por volta das 9 horas da manhã. Está tudo gravado e certamente a divulgação das imagens podem ajudar na identificação do criminoso.

Um funcionário dos Correios relatou à polícia, que o criminoso chegou na agência e apresentou uma habilitação (CNH) em nome da vítima do golpe e código de rastreio para pegar um cartão de crédito.

O funcionário achou estranho que o nome apresentado fosse o mesmo do comerciante. O golpista chegou a levar o cartão pois estava com a CNH e o código de rastreio.

E assim que o criminoso saiu da agência, os funcionários acionaram uma viatura da Polícia Militar (PM) passando as características do suspeito que estava de bermuda preta, camiseta azul, mascara preta e tênis branco. A PM saiu em diligencia, porém sem êxito, e enquanto isso o funcionário dos Correios entrou em contato com a vítima avisando sobre o fato e pedindo para ele cancelar imediatamente o cartão.

Na sequência, o comerciante procurou a delegacia onde explicou que no 16/06 descobriu que alguém teria alterado o número de seu celular junto a operadora Vivo e que após tomar conhecimento do fato, ligou na operadora reclamando que seria um golpe e pediu a restituição do seu número antigo.

Essa situação serve para nos alertar e tomar muito cuidado com ligações pedindo informações sobre CPF, RG ou até mesmo fazendo pesquisa. Tudo isso pode ser uma tentativa de golpes.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%