20/04/2021 às 21h49min - Atualizada em 20/04/2021 às 21h49min

Motociclista é assassinado com 3 tiros em Pontal do Araguaia

A polícia busca informações e detalhes dos autores do crime

Araguaia Notícia
Mais um homicídio foi registrado na região de Barra do Garças-MT desta vez na cidade de Pontal do Araguaia-MT, na noite de terça-feira (20/4). Um homem foi assassinado com três tiros na nuca. Ele estava numa moto Biz rosa e foi alvejado próximo ao clube da Associação dos Servidores de Mato Grosso (Afemat) por volta das 20h40. A vítima foi identificada posteriormente. Trata-se de Jeferson Custódio dos Santos, de 32 anos.

A Polícia Militar (PM) foi solicitada inicialmente com a informação que teria sido um acidente e quando chegou no local verificou que o motociclista estava com ferimentos a bala e o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o atendimento e quando chegou no lugar já constataram que a vítima estava sem vida.

Desta feita, foi informado ao oficial de dia, a Politec e ao delegado da 1ª DP, Adriano Alencar que compareceu no local juntamente com a sua equipe que acompanhou o trabalho da perícia. Após termino da perícia, o corpo ficou à disposição do IML. A moto Biz de cor rosa foi entregue ao concunhado da vítima. 




Aragarças

A onda de homicídios começou no domingo (18/4) com dois assassinatos em menos de uma hora na cidade de Aragarças-GO, na divisa com Mato Grosso. A primeira vítima foi Aldair Oliveira, de 29 anos, que tinha saído da cadeia aragarcense no dia 23/3, e foi baleado com vários tiros na casa dele no setor Nova Esperança.

Aldair sobreviveu a tentativa de homicídio e foi socorrido pelo Samu até o Hospital Getúlio Vargas onde o estado de saúde dele era estável. Dois elementos vestindo roupa preta e encapuzados entraram no hospital abordando funcionários até encontrarem o quarto onde estava Aldair e efetuaram mais sete tiros contra ele. 

E outro assassinato foi registrado no Setor Bela Vista. A vítima foi uma mulher, Joelma de Jesus Santos, de 30 anos, que era usuária de drogas e acusada de tráfico no município. Ela era natural de São José do Xingu-MT e residia em Aragarças. 

Joelma foi morta na varanda do quitinete que morava perto avenida Ministro João Alberto.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

72.2%
26.1%
1.7%