16/04/2021 às 09h19min - Atualizada em 16/04/2021 às 09h19min

Justiça determina que frigorífico fechado no Araguaia pague 462 ex-funcionários

São as verbas rescisórias que não tinham sido quitadas. A planta fechou em Nova Xavantina

Ney Weliton
ARAGUAIA NOTÍCIA e ALÔ XAVANTINA
O magistrado Hebert Luís Esteves, da Justiça do Trabalho, Tribunal Regional do Trabalho da 23º Região, com sede em Água Boa MT, proferiu sentença, dia 14/04, para que o Frigorifico New Beff Company pague os ex-funcionários da planta de Nova Xavantina, que estão sem receber salários de março de 2021 e créditos de natureza alimentar.

A justiça entendeu, que a empresa encerrou as atividades no município de Nova Xavantina, o que lhe obriga a quitar as verbas rescisórias do ex- empregados, pois estes têm preferencias sobre os demais.

O juiz trabalhista deferiu o pedido de expedição de oficio, com “urgência” para a 8º vara Cível do foro Central, comarca de São Paulo – SP, para solicitar ao juiz de direito competente , que determine a agencia bancária depositária a transferência de todo o valor vinculado ao processo nº 1005437-64.2021.8.26.0100(zerando – se a conta), ainda que nele deferidos arrestos, para uma conta judicial vinculada a estes autos , com a FINALIDADE EXCLUSIVA DE PAGAMENTO DOS SALÁRIOS E DEMAIS VERBAS TRABALHISTAS DOS EX – EMPREGADOS DA EMPRESA NEW BEEF COMPANY FRIGORIFICO S/A,  EM NOVA XAVANTINA MT.

O presidente do sindicato dos trabalhadores nas industrias de alimentação de Barra do Garças e região, que representa estes trabalhadores, Elton Melo Marques, afirmou que á ação na justiça trabalhista foi provocada pelo sindicato e comemorou a decisão, acrescentando também que mediante este desbloqueio judicial, o trabalhador não vai precisar entrar com ação individual para receber seus direitos.


Notícias Relacionadas »
Comentários »