30/03/2021 às 20h49min - Atualizada em 30/03/2021 às 20h49min

Agressor é preso condenado a 15 anos por crimes contra ex-companheira em Barra do Garças

Assessoria PJC - MT
Araguaia Notícia
Um homem de 40 anos foi preso nesta segunda-feira (29), em Barra do Garças por diversos crimes relacionados à violência doméstica praticados contra sua ex-companheira, entre eles descumprimento de medida protetiva. A prisão foi efetuada pela equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (Dedm), acionada pela vítima após o agressor voltar a procurá-la por diversas vezes, inclusive a ameaçando caso não aceitasse se encontrar com ele.

O homem responde a processo na 2ª Vara Criminal na Comarca de Barra do Garças, após ser investigado em inquérito policial instaurado pela DEDM por diversos crimes cometidos contra a vítima, que decidiu se separar dele após anos de convivência com agressões físicas e verbais.

Após requerer medida protetiva, a vítima foi novamente procurada pelo agressor, que a agrediu e esfaqueou. Depois do fato, ele foi preso, mas colocado posteriormente em prisão domiciliar por ter sido diagnosticado com covid. Contudo, ele voltou a procurar a vítima para que mantivessem encontro, descumprindo assim a medida protetiva.

Após tomar conhecimento do decreto de prisão, o agressor tornou a manter contato com a vítima, por um número de telefone desconhecido, e a ameaçou caso ela comunicasse o fato à polícia. Amedrontada com as ameaças que recebeu, ela procurou auxílio da Polícia Civil.

A equipe policial da DEDM realizou diversas diligências, até que conseguiu localizar o foragido, que foi preso no bairro Santo Antônio, em Barra do Garças. "A sensação da vítima foi de muito alívio ao saber que o agressor foi preso", relata uma das policiais que cumpriram a prisão.

O homem foi condenado pelo juízo da 2ª Vara Criminal a 15 anos e nove meses por descumprimento de medida protetiva, estupro, ameaça e cárcere privado.

Depois da formalização do mandado judicial, ele foi encaminhado à unidade prisional de Barra do Garças.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%