05/03/2021 às 18h16min - Atualizada em 05/03/2021 às 18h16min

Mulher é presa após aplicar o golpe da falsa galinhada no Araguaia

Araguaia Notícia


A Polícia Civil de Nova Xavantina prendeu uma mulher na manhã de sexta-feira (05/03) após denúncia sobre a venda de falsa galinhada beneficente em prol de uma suposta criança com câncer.

A proprietária do Requinte Bufett procurou a Delegacia de Polícia nesta manhã informando que uma mulher estaria utilizando o nome do local de eventos indevidamente, vendendo uma galinhada beneficente em prol do tratamento de Câncer de uma criança por nome de Mateus Henrique P. de Souza marcada para o dia 22/03/2021, dia incomum (segunda-feira).

Ocorre que segundo a denunciante, o seu espaço de Eventos não havia sido alugado para ninguém realizar tal evento, tampouco poderia realizar evento que pudesse gerar aglomeração e que a suspeita já teria confeccionado e vendido 300 ingressos e já teria procurado a gráfica para confecção de mais 300 ingressos, os quais estavam sendo vendidos pelo preço de R$ 15,00.

Diante dos fatos, os Investigadores saíram em diligência pela cidade logrando êxito em localizar a suspeita L.A.F (38 anos) no centro da cidade, a qual foi detida e apresentada a Autoridade Policial.

A suspeita possui passagem pelo crime de Estelionato na cidade de Tesouro-MT, no ano de 2018 onde teria agido com o Modus Operandi semelhante, vendendo rifas beneficente falsas.

O Delegado de Polícia ratificou a prisão em flagrante da Suspeita, autuando-a pelo crime de Estelionato, aplicando uma fiança de R$ 3.000,00 devido a gravidade e prejuízos coletivos alcançados, contudo a mesma relatou que não teria condições de pagar tal valor e que por isso será encaminhada à Cadeia Pública de Nova Xavantina, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil de Mato Grosso 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%