14/01/2021 às 20h52min - Atualizada em 14/01/2021 às 20h52min

MPF e PF apuram tráfico de bolivianos para atuar na construção civil do Brasil em condições subumanas

Investigações, que estão sob sigilo judicial, apuram o aliciamento e transporte de bolivianos para ingresso e trabalho ilegal no Brasil

Araguaia Notícia
A Polícia Federal cumpriu mandados judiciais, na manhã de quinta-feira (14/01), no município de Cáceres (MT), localizado a 220 quilômetros da capital Cuiabá, com o objetivo de combater o tráfico de pessoas e a promoção de migração ilegal de bolivianos.

Os mandados de busca e apreensão, expedidos pela 2ª vara da Justiça Federal da Subseção Judiciária de Cáceres, foram cumpridos em endereços de pessoas físicas e jurídicas suspeitas de promover o ingresso de bolivianos de forma ilegal no território brasileiro.

As investigações tiveram início a partir de informações de que bolivianos eram aliciados e transportados da cidade de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para Cáceres (MT – Brasil) para trabalharem na construção civil. O transporte era realizado sem qualquer tipo de controle migratório.

A Polícia Federal apura ainda se os imigrantes eram submetidos a situação degradante em razão das circunstâncias em que estavam alojados e a jornada de trabalho a que eram submetidos. Até o momento, apenas uma pessoa foi presa. A operação ainda está em andamento. (Com Assessoria/PF)


Notícias Relacionadas »
Comentários »