24/01/2019 às 06h19min - Atualizada em 24/01/2019 às 06h19min

Lideranças do Araguaia são contra taxação do Agronegócio anunciada por Mauro Mendes

Assessoria / Água Boa News
Araguaia Notícia
Lideranças do agronegócio do Vale do Araguaia participaram dia 14/1 de um fórum organizado na Famato para discutir os possíveis impactos do projeto de lei do novo FETHAB causará no setor produtivo de Mato Grosso caso seja aprovado.

Em resumo, produtores do estado pagarão taxas três a quatro vezes maior se comparados aos outros Estados do País, tornando as taxações insustentáveis para o setor. O vereador Cesinha posiciou-se favorável ao segmento do Agronegócio e contra a super taxação do setor.

Cesinha acredita que é necessário reavaliar em caráter de urgência essa prática que trará impacto negativo para o Agronegócio Matogrossense, e ressaltou.

"Não podemos criar mais dificuldades para quem produz, gera empregos, tem desafios logísticos e coloca comida na mesa de milhões de brasileiros. Nesse inicio de governo sabemos que é preciso diálogo para enxugar a máquina pública, discutir com as classes produtivas sem sobrecarregar um determinado setor para cobrir despesas, pois serão criadas outras dificuldades que afetarão a geração e manutenção de empregos."

Durante a semana o presidente da Câmara, vereador Cesinha, formalizará um pedido para que o Governador Mauro Mendes volte seu olhar aos profissionais do Agronegócio que contribuem diretamente para o desenvolvimento do Pais.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%