Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
07/10/2018 às 09h31min - Atualizada em 07/10/2018 às 09h31min

Morre professor pioneiro da UFMT Araguaia

Cacildo era muito conhecido em Barra do Garças com várias colaborações na cultura e na formação de professores

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
Uma notícia muito triste pegou a população de Barra do Garças e região de surpresa neste final de semana. O falecimento do professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Cacildo Paulino de Souza, 64 anos, que aconteceu no dia 12 de agosto de 2018, todavia o campus de Barra do Garças somente ficou sabendo deste fato nesta semana ao tomar conhecimento de uma publicação interna da universidade.

Segundo informações, Cacildo estava morando em Cuiabá por causa de um problema de saúde e voltou para Barra do Garças e onde morreu no Pronto Socorro Municipal em decorrência de falência múltipla dos órgãos e sistemas, hipertensão e parada cardiorrespiratória. 

“Um professor incrível”, foi assim que vários professores e ex-alunos definiram Cacildo após tomarem, conhecimento de sua morte. Ele estava aposentado desde 2002 mas atuou por 25 anos como professor de Letras com mestrado em gêneros textuais. O título da Dissertação do Mestrado dele "Gêneros Discursivos nas Redações de Vestibular: confrontando diálogos de examinadores e candidatos" cujo trabalho foi defendido em 2006.  

A professora Lennie Bertoque, diretora do ICHS, fez uma homenagem póstuma a Cacildo. “Falei, por diversas vezes, a ele (e falo aos meus alunos), que foi ele que me fez entender, de fato, o que é "língua" para Saussure... foi ele que me emprestou os livros para fazer a seleção do mestrado (o agradeci muito por isso também).. enfim, tenho uma imensa gratidão por ele ter sido meu professor e me alegro por ter dito isso a ele em vida. Infelizmente, somente ontem soubemos de sua partida. Que Deus continue cuidando e consolando sua família”.

O campus de Barra do Garças também fez uma homenagem ao professor Cacildo. Ele atuou na UFMT por 25 anos, de 1987 a 2012: como professor na área de Linguística (Língua Inglesa, Filologia Românica, Estudos Linguísticos, Metodologia Científica, etc.) e como coordenador de uma turma de Pós-Graduação Lato Sensu em Gêneros Textuais.

O ICHS/UFMT manifesta solidariedade à família e agradece a oportunidade de ter recebido contribuições do professor Cacildo na consolidação do Curso de Letras e na formação dos professores da região do Araguaia e na construção da Educação no país.

O professor Odorico Kiko, por telefone, também lamentou a morte do colega e destacou as qualidades do professor Cacildo. “Ele foi pioneiro no curso de Letras e deixou uma contribuição muito grande para o campus e como foi dito na formação de diversos profissionais da Educação na região”, enfatizou.
 
 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90