28/06/2017 às 13h07min - Atualizada em 28/06/2017 às 13h07min

Servidores do Detran aderam à paralisação na sexta-feira contra reformas

Só Notícias
Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito decidiram, em assembleia geral, hoje, que participarão da paralisação nacional convocada pelo conjunto do movimento sindical, nesta sexta-feira, a nível nacional, contra as reformas trabalhista e da previdência, a terceirização e o congelamento dos investimentos públicos. O atendimento será retomado na segunda.No Estado, a greve geral terá a participação de funcionários dos Correios, da educação, médicos, professores da UFMT, entre outros. Em Cuiabá, a concentração será na Praça Ipiranga, no centro às 15h.

“Não podemos deixar de lutar em defesa de nossos direitos. Queremos a retirada das reformas e dos ataques do governo federal e são esses movimentos da classe trabalhadora que impediram até o momento que as reformas fossem aprovadas. Essas reformas vão mudar completamente a previdência e as relações de trabalho. É uma paralisação nacional, não apenas em nível de Estado”, avaliaou, através da assessoria, a Daiane Renner, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran, Daiane Renner.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%