16/03/2017 às 17h30min - Atualizada em 16/03/2017 às 17h30min

Com 22 votos, Aron Dresch é eleito presidente da FMF

ZF Press
Após intenso imbróglio e pedidos de impugnação, a chapa “Renovação”, encabeçada por Aron Dresch, venceu as eleições da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), nesta quinta-feira (16). A chapa do novo presidente recebeu 22 votos contra 15 votos da chapa contrária.
 
Aron, que e toma posse em maio, comandará a mais importante entidade esportiva do Estado pelos próximos quatro anos (2017/2020). Ele é presidente licenciado do Cuiabá Esporte Clube.
 
Para Aron Dresch, o resultado da votação expressa o desejo comum dos dirigentes dos clubes em renovar a administração da FMF e garantir um futuro sólido, pautado por mudanças necessárias e que direcionem o futebol mato-grossense aos padrões de excelência e qualidade que o esporte exige. “Vamos trabalhar com profissionalismo e transparência”, disse Aron.
 
Conforme afirma o presidente eleito, durante toda a campanha, o trabalho foi feito com lisura, dedicação e verdade. “As tentativas adversárias de tentar desfigurar nosso posicionamento foram todas derrubadas com o exercício pleno da Lei. Agradeço aos 22 votos recebidos e garanto que a partir de agora a gestão Aron Dresch é sinônimo de renovação e trabalho em conjunto com os clubes e ligas para construirmos uma FMF mais transparente e profissional. Chega de amadorismo”.
 
A votação na manhã desta quinta foi marcada por diversas discussões e árdua atuação jurídica dos advogados de defesa de Aron Dresch. Na noite de quarta-feira, a Comissão Eleitoral da FMF havia deferido o pedido de impugnação contra a chapa Renovação, alegando irregularidades no registro.
 
O advogado Joaquim Spadone, assessor jurídico da chapa Renovação, explica que as acusações da chapa derrotada foram completamente infundadas. “O estatuto da FMF é muito claro sobre a forma como devem ser realizadas as inscrições para a realização da eleição, e a chapa Renovação, encabeçada por Aron Dresch, desde o princípio cumpriu todos os requisitos jurídicos”, pontua Spadone.
 
Os argumentos de defesa foram apresentados em recurso protocolizado na manhã desta quinta-feira (16), junto à Assembleia Geral da FMF, reunida para a votação. Após julgamento do recurso, a Assembleia dirimiu que as acusações contra Aron Dresch eram infundadas. Com os devidos esclarecimentos, foi realizada a votação que conduziu Aron à presidência da FMF.
 
NOVA DIRETORIA – A chapa de Aron Dresch é composta pelo presidente do Sinop Esporte Clube, Agnaldo Turra, como 1º vice-presidente. Também por Márcio Pardal, que é diretor do Mixto. Pelo diretor do Cacerense, Márcio Lacerda e Sandro Roberto da Silva, que é presidente da Liga Amadora de Nova Bandeirante.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%