02/05/2018

VEJA VÍDEO: Ocupação da UFMT completa 12 dias no Araguaia e alunos recebem doações de alimentos

Educação

Os alunos continuam acampados dentro dos dois campus da UFMT na cidade de Barra do Garças e Pontal do Araguaia aguardando uma posição da reitoria sobre a reivindicação deles no sentido de manter a refeição do restaurante universitário (RU) em R$ 1,00.

Eles são contra o reajuste de 400% que passaria para R$ 5,00 o valor da alimentação no campus universitário. Desde o dia 20/4, os estudantes ocupam pacificamente os dois campus com alojamento e uma cozinha improvisada onde eles preparam a comida e compartilhada entre os alunos que não têm famílias na região.

São milhares de alunos que dependem do RU para se alimentarem. São jovens de origem humilde que vieram de outras estados para cursar uma faculdade, mas que dependem das bolsas de alimentação e incentivo ao estudo.

Agora os alunos aguardam uma posição do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), que estará se reunindo na segunda-feira (7/5) para avaliar se a manifestação dos alunos é legal ou não. “Nós precisamos ter essa posição porque o calendário escolar estar correndo e o campus parado, no final os alunos podem ser prejudicados”, explicou Lucas, do DCE da UFMT de Barra do Garças.

Ele concedeu uma entrevista para o site Araguaia Notícia na tarde de segunda-feira. Acompanhe os detalhes, a seguir:

Assista também »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.0%
3.7%
11.8%
83.5%