19/03/2018

Veja os gols da histórica vitória do Iporá por 4 a 1 contra o Goiás

Esporte

Novo triunfo neste domingo!!! Relembrando que em 29 de março do ano passado o time do Iporá venceu o Goiás em Goiânia: 2 x 1. Agora, ao jogar em casa contra o Goiás o que se viu foi uma goleada: 4 x 1. Nem o torcedor mais otimista do Lobo Guará poderia esperar tanto.

Elias e Júnior Brandão foram os autores dos gols do time da casa, com o seguinte histórico para o placar:

Gol de Elias para o Iporá aos 25 minutos do primeiro tempo
Gol de Lucão para o Goiás aos 26 minutos do primeiro tempo
Gol de Júnior Brandão para o Iporá aos 31 minutos do primeiro tempo
Gol de Júnior Brandão para o Iporá aos 47 minutos do primeiro tempo
Gol de Elias para o Iporá e 19 minutos do segundo tempo

A tarde deste domingo, 18 de março entra para a história do futebol iporaense. Foi um 4 x 1 com supremacia sobre o forte adversário, o líder do campeonato. E mesmo com a expulsão de Diego Rosa, em meados do segundo tempo, o Lobo Guará não caiu de produção, segurando o adversário e até criando as oportunidades de gol.

Esse surpreendente resultado no Estádio Ferreirão mantém a equipe iporaense aspirando a condição de inédita semifinalista do Goianão 2018, pelo menos antes do término desta penúltima rodada da 1ª Fase do Campeonato.

O time iporaense para conquistar a terceira e última vaga goiana no Brasileiro da Série D/2019 pelo 2º ano consecutivo, necessita apenas do empate diante do Atlético fora de casa. O jogo será na quinta-feira, 20:30, em Goiânia, no Estádio Serra Dourada.

É a 2ª goleada aplicada pelo Iporá no Campeonato e a 1ª sofrida pelo Goiás, que não era goleado na competição desde 2011, quando o Crac lhe aplicou 5x1 em pleno Estádio Hailé Pinheiro em Goiânia.

O jogo foi recorde de público e renda e por este motivo também fica memorável para a história do futebol iporaense. O público pagante foi 1.903 torcedores, com renda de R$ 61.520,00. Foi árbitro do jogo Elmo Resende, tendo como assistentes Hugo Correa e Joaquim André.
Iporá venceu jogando com Cleriston, André Klobel, Wallison, Diego Rosa e Danilo Ribeiro; Bosco, Wesly (Ricardo Lima), Cléber, Elias (Flávio Menezes) e Rodrigo Alves; Júnior Brandão (Leandro Aguiar). Técnico: Everton Goiano.
O Goiás perdeu com Marcelo Rangel, Alex Silva, Davi Duarte, Eduardo Brock e Breno (Rodrigues); Madson, João Afonso (Michael) e Talles (Caíque Sá); Maranhão, Lucão e Carlos Eduardo. Técnico: Hélio dos Anjos.

Link
Assista também »
Comentários »