19/03/2012 às 12h06min - Atualizada em 19/03/2012 às 12h06min

Cartórios alertam sobre proibição de propaganda no Twitter

Olhar Direto
O Inquisidor

Os cartórios eleitorais de Mato Grosso já estão alertando os candidatos e partidos sobre a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que proíbe a propaganda extemporânea no microblog Twiter e demais redes sociais.

Em Barra do Garças, a cartorária Elizabeth Luz Acácio Hilário informou que a resolução foi decidida pelo TSE quinta-feira (15) proíbe a propaganda de candidatura e que as multas podem variar de R$ 5 mil a 25 mil.

O veto à propaganda antecipada pelo Twitter vale só para os candidatos, partidos e envolvidos na campanha. O eleitor que simpatize com algum candidato ou partido pode se manifestar livremente.

O pleno do TSE chegou a essa orientação após julgar recurso do ex-candidato a vice-presidente da República Índio da Costa (ex-DEM, hoje PSD) contra multa de R$ 5 mil aplicada pelo TSE, em julho de 2010. Costa foi punido por ter divulgado em sua página no Twitter mensagem em que pedia votos para o então candidato à Presidência José Serra (PSDB).

A cartorária de Barra do Garças lembrou que a propaganda eleitoral é permitida somente após o dia 7 de julho quando começa o processo eleitoral.

Os presidentes de partidos no município serão informados através de ofício sobre a resolução que tem objetivo de brecar o uso inadvertido das redes sociais para campanha extemporânea.

Com informações do TSE


Notícias Relacionadas »
Comentários »