22/10/2015 às 15h42min - Atualizada em 22/10/2015 às 15h42min

Recuperandos são capacitados e recebem Carteira Nacional do Artesão

Assessoria/Sejudh-MT
Sejudh-MT

A direção da Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo, município localizado a 673 km da capital, encerrou nesta semana o curso de pedreiro de alvenaria, com entrega dos certificados de qualificação pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

Com carga horária de 200 horas, o curso é ofertado via Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em parceria com a Fundação Nova Chance (Funac), órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh-MT).

O curso foi ministrado durante um mês e cinco dias, e contou com acompanhamento da diretora da unidade, Wilian Maria da Silva, de um professor e do supervisor do Senai/Sinop, Ederson Ribeiro Leite. A psicóloga Thayla Souza e Silva também acompanhou os 19 recuperandos que foram capacitados.
Na oportunidade, o promotor de Justiça Felipe Augusto de Oliveira, e o juiz da Comarca de Peixoto de Azevedo, Evandro Juarez Rodrigues, entregaram aos detentos a Carteira Nacional do Artesão.

A Carteira Nacional do Artesão, destinada aos artesãos e trabalhadores manuais, em PVC. A carteira é gratuita e é emitida após o registro do artesão no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab). Para confirmação do registro, o artesão passa por uma prova de habilidades técnicas, cuja aprovação é da Coordenação Estadual de Artesanato.

Entre os benefícios do registro no Sicab estão a possibilidade de participação em feiras de artesanato nacionais e internacionais, em oficinas e cursos de artesanato e, em alguns estados, o acesso a incentivos fiscais.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.8%
16.7%
77.2%