21/10/2015 às 13h13min - Atualizada em 21/10/2015 às 13h13min

PM atingido na cabeça ao tentar evitar assalto em loja não resiste e morre

Olhar Direto
Internauta

O sargento Joilson Antônio Martins, 44 anos, morreu na noite de hoje, por volta das 20h, após ser tranferido para capital. A informação foi confirmada pela assessoria da Polícia Militar. Ele estava na Polícia Militar desde 1993. Ainda não há informações quanto a prisão de suspeitos.

O sargento da Polícia Militar, Joilson Martins, foi atingido na cabeça após tentar evitar um assalto a loja Eletromóveis Martinello localizada no Centro de Diamantino (188 km de Cuiabá). Os dois homens armados renderam os funcionários do local e atiraram depois da vítima tentar evitar o roubo. Os criminosos conseguiram fugir do local usando uma motocicleta. Devido ao delicado quadro de saúde, o militar foi transferido para Cuiabá, em um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública, e encaminhado a unidade hospitalar.

De acordo com as informações do site O Divisor, os homens entraram na loja e renderam os funcionários e clientes. Enquanto tentavam roubar os objetos, um policial militar aposentado, ainda não identificado, que estava próximo do local, sacou a arma. Porém, como o número de pessoas era grande, ele não atirou.

Os criminosos acabaram disparando contra o policial, que foi atingido na cabeça. Depois, eles fugiram em uma moto e tiveram o auxílio de um terceiro suspeito, que estaria em um carro. Os militares do município tentam localizar os acusados. Até agora, não há informações quanto a prisão de nenhum dos três.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%