13/10/2015 às 10h38min - Atualizada em 13/10/2015 às 10h38min

Equipe da TVCA tenta simular entrada de droga no país e acaba detida por Gefron

Olhar Direto
Reprodução

O jornalista Alex Barbosa, repórter de rede da TV Centro América (afiliada da Rede Globo), foi abordado na noite de segunda-feira (12/10), por uma equipe do Gefron (Grupo Especial de Fronteira), na fronteira do Brasil com a Bolívia.

De acordo com as informações preliminares, os militares abordaram o veículo em que ele estava e encontraram grande quantidade de pó branco (substância parecida com cocaína), envolto em papelotes. Só que ao verificarem do que realmente se tratava era pó de giz e estava sendo usado numa simulação de uma reportagem do Jornal Nacional para mostrar a facilidade com que droga entra no país.


Durante a ação, foram detidos dois veículos que estavam na rodovia MT-070, na região de fronteira entre Cáceres e a Bolívia. Um homem, ainda não identificado e de naturalidade boliviana, era quem conduzia um dos veículos (Parati, de cor branca). O boliviano relatou aos policiais que trabalha há muito tempo no Brasil e que conhece a região de fronteira muito bem.

Ainda conforme o que se apurou preliminarmente, o repórter da TV Centro América estaria fazendo uma reportagem sobre tráfico de drogas na região. A substância encontrada pelos policiais não seria cocaína. Porém, os militares ainda irão testar o pó branco encontrado no porta-malas.

A reportagem do Olhar Direto entrou em contato com a redação da TV Centro América. O jornalista, identificado como Thiago, disse que a equipe estava tentando confirmar a informação da detenção dos colaboradores. Ainda foi dito que eles estariam produzindo uma reportagem na região. Porém, nenhum posicionamento foi dado de forma oficial até o momento.

Os policiais do Gefron fizeram o teste na substância encontrada com a equipe da TV Centro América e constataram que o produto é pó de giz. O repórter estaria fazendo uma reportagem para o Jornal Nacional, com a intenção de mostrar a fragilidade na fronteira do Brasil com países vizinhos. A intenção seria apresentar o vídeo e levar a suposta droga para o secretário de Segurança Pública, o que não foi confirmado.

A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) não foi informada desta 'simulação'. A intenção seria não alertar as forças de segurança sobre a reportagem. A detenção da equipe da TV Centro América (afiliada da Rede Globo) ocorreu em uma abordagem de rotina do Gefron. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.7%
16.8%
77.2%