11/10/2015 às 09h36min - Atualizada em 11/10/2015 às 09h36min

Empresário é preso acusado de abusar do neto de dois anos

Adilson Rosa / Midia News
Midia News

O empresário A.A.S., de 58 anos, dono de uma imobiliária na Capital, foi preso por policiais civis sob a acusação de abusar sexualmente de um neto adotivo, de dois anos.

A prisão preventiva, decretada pela 14ª Vara Criminal de Cuiabá, ocorreu na última sexta-feira (9).

A.A.S. foi preso em sua imobiliária, no bairro CPA II, e foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável.

Segundo as investigações, a criança era obrigada a fazer sexo oral no avô, no ano passado, época em que o menino ficava a maior parte do dia sob a tutela do empresário.

O inquérito aponta que o avô ainda introduzia o dedo no ânus da criança.

O caso veio à tona após a mãe do menino desconfiar dos gritos da criança e verificar uma vermelhidão nas nádegas do filho.

A partir daí, descobriu que o avô é quem seria o responsável.

Após a prisão, o empresário foi levado para a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), onde negou ter praticado o abuso.

Ele foi encaminhado para uma unidade prisional da Grande Cuiabá.

Os policiais não souberam informar se o suspeito tem curso superior.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
16.9%
77.3%