07/10/2015 às 06h33min - Atualizada em 07/10/2015 às 06h33min

Mulher queimada é identificada através de necropapiloscopia

Assessoria / Politec MT
Assessoria

A Perícia Oficial e Identificação Técnica identificou, através da necropapiloscopia, o corpo de Simone da Luz Feitosa, 37, que foi encontrada carbonizada no bairro nova fronteira em Várzea Grande.

O corpo da segunda vítima encontrada ao lado de Simone, que pode ser de sua filha, Aline Feitosa Souza, de 16, está em tratamento no Instituto Médico Legal, para a regeneração das digitais.

A identificação foi possível através da técnica de dissecação e reidratação da epiderme. Esta técnica garante 96% de regeneração das papilas dérmicas, permitindo a coleta e impressão das digitais em tinta e posterior confronto com o banco de dados civil da Politec.

O trabalho foi desenvolvido pela Gerência de Plantão Integrado da Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica.

De acordo com a gerência somente em 2015, 800 identificações necropapiloscópicas foram realizadas na capital e região metropolitana. O serviço corresponde a mais de 90% da demanda por identificação cadavérica no Instituto Médico Legal da Politec .  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%