06/10/2015 às 12h34min - Atualizada em 06/10/2015 às 12h34min

Mulheres são presas por golpes com foto de criança com deficiência em MT

Agência da Notícia com G1 MT
MidiaNews

Três mulheres foram presas por suspeita de estelionato em Torixoréu, a 577 km de Cuiabá, no sábado (3). Elas pediam dinheiro para supostamente custear o tratamento de saúde de uma criança e mostravam uma foto de um menino com uma deficiência na boca.


A denúncia partiu de comeciantes. A Polícia Militar fez rondas na cidade e encontrou as mulheres, de 22, 26 e 47 anos, no Centro da cidade. Elas entraram em contradição sobre o nome da criança, endereço e nome da mãe. Diante disso, a polícia confirmou que se tratava de um golpe.

À polícia, elas disseram que levaria a criança para São Paulo para fazer o tratamento. As mulheres foram encaminhadas para a Delegacia de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, e depois levadas presas na cadeia pública do município.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Torixoréu, Wélison Ferreira Lopes, as mulheres arrecadaram R$ 195. A Polícia Civil informou que as investigações estão sob sigilo.

O cabeleireiro Lindovaldo Bento da Silva foi uma das vítimas das mulheres. Ele contou que a mulher se passou por tia do garoto e que, no momento, ficou sensibilizado quando viu a foto do menino.
"Fiquei sensibilizado quando olhei a foto do menino daquele jeito. Eu e meus clientes contribuímos com ela e não desconfiei que fosse um golpe porque as pessoas sempre passam pedindo alguma coisa. Depois dessa, ficaremos mais atentos", disse.

Outra vítima foi a operadora de caixa Kamila Oliveira, que estava trabalhando quando as suspeitas de estelionato passaram pelo local. "Ela [uma das mulheres] disse que era o irmão dela e que ele estava com câncer. Eu acreditei porque sempre passam pedindo ajuda e dei R$ 5", explicou.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
16.9%
77.3%