05/10/2015 às 19h55min - Atualizada em 05/10/2015 às 19h55min

Família e polícia procuram manicure desaparecida há uma semana

G1 MT

Tem quase uma semana que a família da manicure Sandra Godoy, de 29 anos, não tem notícias do paradeiro dela. A jovem que mora em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, saiu de casa na última segunda-feira (28) com destino a Ribeirão Cascalheira, a 893 km da capital, e, no caminho, telefonou para a filha, de 12 anos, informando que a viagem corria bem e, depois disso, não manteve mais contato.

Segundo a irmã dela, Letícia Godoy, amigas de Sandra disseram que ela tinha viajado para receber uma dívida. Porém, ainda não se sabe quem seria a pessoa que iria pagar a irmã.

"Imaginamos que alguém tenha feito uma armadilha para ela. Minha irmã jamais ficaria tanto tempo sem manter contato, até porque morava só ela e a filha e ela se preocupava muito com a filha. Ela não desgrudava do celular", disse Letícia, que mora em Barra do Garças, e já foi até Ribeirão Cascalheira para tentar ajudar a polícia a desvendar o sumiço da manicure.

A última vez que Sandra manteve contato ela estava na rodoviária de Canarana, a 838 km de Cuiabá. De acordo com a irmã, ela provavelmente tinha parado para lanchar. "Ela falou para a minha sobrinha, por telefone, que, quando chegasse em Ribeirão Cascalheira, iria avisá-la, mas não telefonou". A família só soube que ela não tinha mantido contato com a filha conforme o combinado no dia seguinte. As tentativas de tentar falar com ela foram todas frustradas. O telefone só dava desligado, como relatou a irmã.

"Imaginamos que alguém tenha feito uma armadilha"
Letícia Godoy, irmã de Sandra

Dois irmãos de Sandra foram até Ribeirão Cascalheira, para onde a irmã iria, e lá ninguém teria visto ela na cidade. A família da manicure já tinha morado naquela região. "Tem um amigo meu de lá que perguntou para vários comerciantes e conhecidos se alguém tinha visto ela lá, mas ninguém viu", contou a irmã. Segundo ela, a jovem não costumava viajar sozinha.

A previsão é que ela chegasse em Ribeirão Cascalheira às 17h de segunda-feira e retornar para casa no dia seguinte. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil e buscas têm sido feitas na tentativa de localizá-la. Os irmãos de Sandra ainda continuam na cidade na tentativa de contribuir com as investigações e buscas.

A Polícia Civil de Água Boa, informou que já abriu inquérito para apurar o sumiço da jovem.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%