03/10/2015 às 17h05min - Atualizada em 03/10/2015 às 17h05min

Preso pastor suspeito de matar e carbonizar corpos de mãe e filha

A Gazeta

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (2), o pastor Valto dos Reis Mandinga, 47 anos, suspeito de matar mãe e filha e atear fogo nos corpos, encontrados carbonizados, no início da semana, em um terreno baldio, em Várzea Grande.

O suspeito é ex-namorado de Simone da Luz Feitosa, 37, desaparecida em companhia da filha adolescente, Aline Feitosa Souza, 16, na última segunda-feira (28), em Cuiabá. Elas residiam em Poconé (104 km ao sul), e vinham para a Capital estudar.

Simone fazia curso técnico de enfermagem e na manhã do dia do desaparecimento, tinha vindo para a Capital, dirigindo o próprio veículo, um Celta prata, em companhia da filha e da irmã, esta a última da família a ver as duas.

Como não retornaram para a casa, os parentes começaram a divulgar fotos de ambas, dizendo que estavam desaparecidas, e comunicaram a polícia. Na manhã do dia seguinte, terça-feira (30), populares do bairro Nova Fronteira, encontraram 2 corpos carbonizados.

No local, os peritos disseram se tratar aparentemente de duas mulheres, e encaminharam os corpos para perícia na Politec. Devido as evidências, de que os corpos sejam realmente de mãe e filha, o delegado Geraldo Gezoni, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), solicitou exame de DNA da família, que ainda não saiu.

O suspeito chegou a ser ouvido anteriormente, e nesta sexta-feira (2), preso por mandado de prisão temporária, suspeito do duplo homicídio.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.4%
17.2%
77.2%