02/10/2015 às 06h59min - Atualizada em 02/10/2015 às 06h59min

Aragarças comemora aniversário sem desfile e com crise na saúde

Ronaldo Couto

A cidade de Aragarças-GO, na divisa com Barra do Garças, comemora nesta sexta-feira (02/10) 62 anos de emancipação, mas não terá desfile. A alegação do prefeito Aurélio Mendes para não realizar o desfile é que o tempo está quente e o calor pode prejudicar as crianças.

A prefeitura realizou na manhã de quinta-feira uma apresentação de escolas no ginásio de esportes para marcar essa data. Já os vereadores de oposição acreditam que o desfile foi cancelado em virtude da crise que o município passa tanto na administração onde o prefeito é investigado na operação Tarja Preta que apura superfaturamento de medicamentos em 12 cidades de Goiás e também na saúde com a interdição do centro cirúrgico e maternidade do hospital Getúlio Vargas por parte da Vigilância Sanitária. Na semana passada, alguns médicos procuraram a Câmara Municipal reclamando que estão com os salários atrasados e ameaçando iniciar uma paralisação na cidade.

Na comemoração de ontem do aniversário da cidade chamou atenção que pouquíssimos vereadores participaram até mesmo da bancada do prefeito que é formada por sete vereadores.

Quem participou do evento e enviou mensagem parabenizando Aragarças foi o delegado Ricardo Galvão. Ele lembrou que o primeiro foco de moradores da cidade surgiu em 1872, mas foi afugentado na época pelos índios bororos. Um povoado surgiu na região do Areia e aos poucos as pessoas voltaram para cidade de Aragarças que foi oficialmente criada em 2 de outubro de 1853. 

“Aragarças é uma cidade conhecida por sua história e importância e aqui está o centro geográfico do Brasil. Quero aqui deixar os parabéns a comunidade”, destacou Ricardo Galvão.

 


 

 

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.5%
17.2%
77.0%