01/10/2015 às 12h14min - Atualizada em 01/10/2015 às 12h14min

Casal de adolescentes praticava assalto para manter vício

Adilson Rosa / Midia News
Midia News

A Polícia Militar apreendeu, na noite de quarta-feira (30), dois adolescentes – uma menina de 14 anos e um menino de 16 anos –, sob acusação de assalto, em frente a uma escola, no bairro do Porto, em Cuiabá.

A menor foi flagrada com uma pistola de cola quente – usada por estudantes para colar papel –, após assaltar um vendedor de vale-transporte e uma mulher, num ponto de ônibus.

Segundo as informações, a adolescente confessou que é viciada em cocaína e disse que praticou o assalto porque precisava saldar uma dívida de R$ 200 com um traficante.

O casal de menores, que estava sob efeito de drogas, foi detido e espancado por populares, que acionaram a PM.

O assalto ocorreu por volta de 18 horas, na Rua Barão de Melgaço, em frente à Escola Estadual Barnabé de Mesquita.

 No Plantão Metropolitano, a adolescente teve uma ataque psicótico e atacou a escrivã, que a ouvia em termo circunstanciado – equivalente ao flagrante – por roubo.

A menina teve que ser contida por policiais plantonistas.

O vendedor de vale-transporte disse aos policiais que o casal de infratores chegou armado e apontou a pistola de brinquedo – até então, as vítimas acreditavam ser uma arma verdadeira.

“Passa tudo cara, senão vai morrer. Voce vai morrer cara, anda logo”, teria dito a menina

O homem então entregou a bolsa pochete onde estavam as passagens e a mulher, a bolsa com pertences e o celular.

 Um homem que passava pelo local começou a gritar e logo, várias pessoas, cercaram o casal. Eles aguardaram a chegada de policiais militares.

 O adolescente disse que os pais são separados e “foi buscar ajuda nas drogas”. Ele teria combinado com a garota praticar o assalto.

“Ela chegou armada, rendendo as pessoas que estavam lá no ponto e eu peguei as bolsas”, disse ele.

Após serem ouvidos, os dois menores foram encaminhados para a Delegacia Especializada do Adolescente da Capital.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%