29/09/2015 às 06h27min - Atualizada em 29/09/2015 às 06h27min

Advogados de Barra pedem mudanças na OAB-MT

Assessoria
Assessoria

Organizadores do movimento “A Ordem em Transformação” realizaram um encontro de advogados em Barra do Garças nessa sexta-feira, 25, onde debateram novos rumos para a OAB no estado e no município. Os advogados e advogadas presentes foram unânimes em reconhecer que existe um distanciamento entre a Ordem e as suas subseções que vai desde questões gerais tratadas pela entidade, até às questões específicas que dificultam a atuação da classe.

Convidado pelos organizadores do movimento no município, Pio da Silva ouviu as críticas do coletivo e se comprometeu em buscar solução para os problemas levantados. “É um absurdo o que nossos colegas estão passando no interior. Por isso mesmo já estamos entrando com uma petição junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso solicitando providência em três pontos específicos para o Fórum de Barra do Garças: Instalação do elevador para garantir a acessibilidade das pessoas com necessidades especiais; instalação de um aparelho de ar-condicionado na sala de espera e realização de Pregão por microfone. Essas são questões prementes apontadas pelos colegas barra-garcenses”, defendeu Pio da Silva, ao destacar que o abandono às subseções está entre os motivos que o motivaram à aceitar a liderança do movimento.

Os advogados Paulo Maryuna, Dilermano Vilela e Sebastião Mendes Moreira fazem parte da coordenação do movimento “A Ordem em Transformação” no município e foram os organizadores do evento. Ao final da reunião, Pio da Silva firmou compromisso com os advogados presentes no sentido de defender as propostas do movimento, buscando mais transparência, democracia, eficiência, ética, independência e total acesso à OAB-MT por parte dos advogados de Mato Grosso.

Um novo encontro também ficou pré-agendado, no momento em que esse coletivo estará debatendo em mais profundidade as teses do movimento.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%