25/09/2015 às 11h10min - Atualizada em 25/09/2015 às 11h10min

Justiça decreta prisão preventiva de jovem suspeito de matar namorada de 17 anos

Olhar Direto
Facebook

A justiça decretou, nesta terça-feira (22), a prisão preventiva de Paulo Henrique Souza, de 21 anos, suspeito de ter matado a namorada dele, Thajela Caroline Oliveira, 17, na noite da última sexta-feira (18), em Peixoto de Azevedo (690 km ao Norte de Cuiabá).

O suspeito havia se apresentado à Polícia Civil na segunda-feira (21), com advogado, após o período que caracterizaria flagrante, e alegou que o tiro foi acidental. Mas o delegado Claudemir Ribeiro já havia solicitado sua prisão e o pedido ainda estava em análise por parte do juiz criminal da comarca.

Após saber da expedição do mandado, o advogado que defende Pedro orientou que ele se entregasse, mas o suspeito resolveu empreender fuga e agora é considerado foragido da polícia. Por conta disso, o advogado deixou o caso.

Nesta quarta-feira, policiais prenderam o outro jovem – por nome de Lucas - que participou da ação que culminou com a morte de Thajela. Foi ele quem entrou no hospital de Matupá com a adolescente baleada e inventou que ela teria sido vítima de um latrocínio. Lucas está detido na delegacia de Peixoto de Azevedo.

As polícias do Nortão e da região Norte-Araguaia, em Mato Grosso, e também da região Sul do Pará, já foram avisadas sobre o mandado de prisão. Paulo Henrique é natural da região de Nova Xavantina, e também possui parentes no sul-paraense. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%