01/05/2011 às 17h26min - Atualizada em 01/05/2011 às 17h26min

Ambev divulga nota após apreensão de carretas na divisa de MT e GO

Olhar Direto
Ronaldo Couto posto avançado da Sefaz em Barra

A diretoria nacional da Ambev, responsável pela distribuição das cervejas Brahma, Antártica e Skol, enviou nota sobre apreensão de 33 caminhões de cerveja da empresa na divisa de Mato Grosso e Goiás, no posto de fiscalização da Secretaria de Fazenda do Estado de Mato Grosso (Sefaz) em Barra do Garças. A empresa alega que não existe débito e atribui esse incidente a um equivoco da Sefaz que teria colocado companhia numa modalidade de ICMS diferente. Causando o que a empresa chamou de 'mal-estar'.

Sob argumento de que haveria um resto a pagar de imposto, a Sefaz reteve por três dias as carretas da Ambev no posto fiscal de Barra e gerou um transtorno que afetou também os caminhoneiros e o trânsito local. Após três dias, o carregamento foi liberado após um acordo onde segundo a Sefaz a empresa assumiu o compromisso de pagar a diferença do imposto e ficou como fiel depositário.

O impasse surgiu com a necessidade da fábrica de MT atender a demanda de GO, pois a unidade de Anápolis-GO está com defeito na esteira.

Em nota, a Ambev reiterou que é cumpridora de suas obrigações fiscais afirmando que é uma das maiores geradores de tributos da iniciativa privada do Brasil. Acompanhe na integra a nota enviada pela assessoria da companhia.

Posicionamento:

A Ambev esclarece que não reconhece débitos tributários pendentes de pagamento junto à secretária da fazenda do Estado do Mato Grosso. Os caminhões já estão liberados. A companhia reforça que cumpre rigorosamente seus compromissos fiscais, sendo uma das maiores pagadoras de tributos da iniciativa privada no país.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%