06/03/2012 às 12h10min - Atualizada em 06/03/2012 às 12h10min

Cândido Teles nega acordo para apoiar Sandro em Barra do Garças

Olhar Direto
Manoel Epifanio

O advogado Cândido Teles confirmou nesta segunda-feira (5) a sua desistência de disputar a prévia do PSB para prefeito em Barra do Garças, porém negou qualquer acordo ou barganha para apoiar o também advogado Sandro Saggin que é pré-candidato a prefeito do partido.

Teles deixou claro que não tratou sobre esse assunto com nenhum membro do diretório e muito menos com o deputado federal Valtenir Pereira. O advogado disse que não aceita negociar apoio em troca de assumir vaga na Assembléia Legislativa. “Se eles estão pensando desta forma, estão enganados comigo”, destacou.

O advogado foi o candidato a deputado estadual mais votado em Barra do Garças, em 2010, com 5.600 votos. Ele explica que desistiu das prévias do PSB porque acredita que o diretório municipal está fechado com o Sandro e inviabilizaria sua pretensão de ser candidato nma convenção.

Teles perdeu força dentro do partido com a chegada de Sandro em 2011 e segundo especula-se pelo fato de ter feito dobradinha em 2010 com o deputado federal Welinton Fagundes (PR).

O socialista explica fez dobradinha com Valtenir e outros candidatos com também fizeram vários candidatos a deputado estadual em 2010. O advogado reclama que não teve apoio logístico do partido na eleição passada e por isso entende que não pode ser cobrada da forma que está sendo por alguns membros.

A proposta de rodízio para os suplentes da coligação de Mauro Mendes, segundo Teles, surgiu com o suplente a deputado federal Eduardo Moura (PPS) na intenção de prestigiar o Vale do Araguaia, porém ele não concorda condicionar isso a ter que apoiar essa ou outra candidatura. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%