17/09/2015 às 12h28min - Atualizada em 17/09/2015 às 12h28min

Integrantes de grupo criminoso são presos com armas e munições no Araguaia

Agência da Notícia
Agência da Notícia

Três pessoas foram presas e quatro armas de fogo foram apreendidas em uma operação realizada pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (15.09), em Canarana. A operação denominada “Desarme” foi deflagrada após investigações apontarem para um grupo criminoso que age na região, furtando armas de fogo em propriedades agrícolas, para depois revendê-las.

A ação resultou na prisão dos suspeitos Valmir Rodrigues, 41, Francisco dos Santos, 30, e Patrick Esaquiel Carvalho, 28. Com eles foram apreendidas quatro espingardas, dos calibres 22, 28 e 32, além de uma grande quantidade de munições dos mesmos calibres.

De acordo com o delegado Deuel Paixão de Santana, os acusados são integrantes do grupo criminoso que atua no comércio de armas e munições. “As investigações estão em andamento com finalidade de individualizar a conduta de cada integrante do grupo, assim como identificar outros envolvidos nas ações criminosas”, disse.

O chefe de operações, Valdivino Vital, destacou que durante as investigações foram levantadas novas informações que serão juntadas a outros indícios já coletados pela Polícia. “O combate eficiente a criminalidade na cidade é resultado da sintonia entre a Polícia Civil e o Poder Judiciário local, que concede decisões em tempo hábil para execução das operações”, destacou.

Participaram da operação os policiais civis, Luís Conrado, Éder, Paulo Henrique e o chefe de operação Valdivino Vital, coordenados pelo delegado Deuel Paixão de Santana.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%