01/05/2011 às 17h14min - Atualizada em 01/05/2011 às 17h14min

Ambev ganha prazo e carretas de cerveja são liberadas

Olhar Direto
Tv Serra Azul 33 caminhões da companhia são retidos na Barra

As carretas e caminhões do Grupo Ambev, das cervejas Antártica, Brahma e Skol, que estavam retidas no posto fiscal de Barra do Garças foram liberadas por volta das 21h30 de quarta-feira (27). A empresa procurou a Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz) em Cuiabá e assumiu o compromisso de pagar a diferença devida do ICMS na saída do produto para o estado de Goiás a (27).

Os 33 caminhões e carretas estavam retidos desde segunda-feira (25) no posto avançado da Sefaz de Barra, na BR-070 saída para Cuiabá, causando transtorno no trânsito local e indignação dos caminhoneiros das empresas contratadas para o frete da Ambev.

No acordo assumido, o Grupo Ambev foi nomeado fiel depositário da carga retida e recebeu um prazo de duas semanas para regularizar o seu débito junto ao fisco de MT. O chefe da fiscalização, Vilson Ferreira, informou que as carretas foram liberadas aos poucos para evitar mais transtornos nas pontes Garças e Araguaia.

Essa foi a maior apreensão de carretas de cerveja no leste de Mato Grosso, cuja retenção ocorreu por causa de uma diferença de alíquota que a empresa tem que pagar para atravessar o produto para o estado vizinho. Desde o mês de abril, a fábrica da Ambev de Cuiabá está abastecendo também o estado de Goiás, pois a unidade de Anápolis-GO está fechada por causa de um defeito na esteira.

Indiferente ao problema de fiscalização, motoristas protestaram contra a paralisação alegando que estavam sem dinheiro para pagar as despesas de hospedagem e alimentação e tiveram que dormir nos caminhões ou no pátio da Sefaz. .


 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.8%
16.7%
77.2%