23/02/2012 às 13h06min - Atualizada em 23/02/2012 às 13h06min

Fórum decreta luto e suspende os trabalhos por morte de juiz

Olhar Direto
TJ-MT

O juiz plantonista Jeverson Quinteiro baixou portaria decretando luto oficial na comarca de Barra do Garças (a 509 km de Cuiabá), nesta quarta-feira (22), suspendendo o expediente forense em função da morte do magistrado Milton Pelegrini, 60 anos, ocorrida em Cuiabá vítima de um câncer.

Por sua vez, o presidente do Tribunal de Justiça (TJ) de Mato Grosso, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho, informou que o vice-presidente da instituição representará o poder Judiciário e prestará condolências à família de Milton durante seu sepultamento nesta quarta-feira de cinzas após o velório na Câmara Municipal de Barra do Garças.

O TJ havia divulgado nota na terça-feira no site da instituição lamentando a perda. Já em entrevista ao Olhar Direto, o presidente Rubens de Oliveira destacou que, além do vasto conhecimento jurídico, Milton era respeitqdo pela sociedade, devido a sua honradez e serenidade. Em seu trabalho, afirmou Rubens, o juiz também evidenciava com freqüência seu lado mais humano, o que contribuiu para seu reconhecimento em vida. “Só nos resta lamentar”.

Milton faleceu aos 60 anos e deixando mulher, três filhos e quatro netos. Ele era natural de Marília (SP) e graduou-se em Direito na cidade de Dourados (MS), mas foi funcionário do Banco do Brasil por 20 anos e teve uma passagem rápida como promotor no Ministério Público (MP), antes de entrar para a magistratura, em 1992. Milton atuou nas comarcas de São Félix do Araguaia, Alto Araguaia, Sinop e Barra do Garças.

Como diretor do fórum de Barra, em dezembro de 2011, inaugurou a galeria de fotos de ex-juízes que atuaram na comarca barra-garcense, homenageando 73 magistrados. Também foi professor de Direito da faculdade Cathedral.

Pelegrini estava internado desde quinta-feira (17) no hospital Jardim Cuiabá com suspeita de AVC, que depois se confirmou como um câncer na garganta e pulmão. O quadro clínico do magistrado piorou com uma metástase e ele faleceu por volta do meio-dia. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%