27/07/2015 às 12h55min - Atualizada em 27/07/2015 às 12h55min

Governo quer novas vagas para menores infratores

Agência da Notícia
Reprodução

O governo do estado de Mato Grosso quer criar quarenta novas vagas para a internação de menores infratores no interior do estado. O projeto foi apresentado a diversos prefeitos, durante uma reunião na sede da Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social. Na oportunidade, ficou definida que estas vagas seriam criadas nos municípios de Cláudia, Porto Alegre do Norte, Nortelândia e Chapada dos Guimarães.

Mas a quantidade de vagas em cada uma destas cidades ainda não foi definida, a ideia é que o atendimento ocorra, seguindo o modelo das chamadas "Casas Lares", que atende as normas do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Onde o infrator fica internado, recebendo auxílio psicológico para sua recuperação social.

Segundo a assessoria da secretaria, foi realizado um estudo, que apontou as cidades com maiores deficiências e necessidades no fornecimento destes atendimentos, para que as mesmas recebessem os investimentos públicos. Valores que não foram divulgados, assim como prazo para execução dos projetos, nem como será realizado.

Se as cidades receberam novas unidades de internação, ou apenas uma ampliação das estruturas já existentes. Fato é que algumas destas novas vagas de internação será direcionada aos menores infratores da região de Porto Alegre do Norte, abrangendo Confresa, Canabrava do Norte e Santa Cruz do Xingu.

Além dos prefeitos das cidades escolhidas, também participaram da reunião representantes dos municípios de União do Sul (651 km de Cuiabá), Nossa Senhora do Livramento (38 km de Cuiabá), Santo Antônio do Leverger (34,3 Km de Cuiabá), Nova Marilândia (238 Km de Cuiabá) e Denise (209 Km de Cuiabá).
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%