23/07/2015 às 11h04min - Atualizada em 23/07/2015 às 11h04min

Governador Pedro Taques inova e faz audiência coletiva com 8 prefeitos e um dos assuntos foi o hospital de Barra

Ronaldo Couto / Secom - BG
Araguaia Notícia

Ao completar sete meses de governo, Pedro Taques inovou e realizou no final da tarde de quarta-feira (22/07) uma audiência coletiva com oito prefeitos da microrregião de Barra do Garças. E um dos assuntos em pauta foi a situação do hospital Milton Morbeck, que é regional, mas está sendo mantido praticamente pela prefeitura de Barra com ajuda irrisória do estado. 

Participaram da audiêrncia os prefeitos de Barra do Garças, Roberto Farias; de General Carneiro, Magali Vilela; de Pontal do Araguaia, Divina Oda; de Ribeirãozinho, Marcos Ribeiro; de Araguaiana, José Marra; de Ponte Branca Humberto; de Araguainha Zezé do Osmari e de Torixoréu Odoni Mesquita e vereadores das respectivas cidades.
A comitiva barra-garcense foi reforçada com os vereadores Welinton Madioquinha; Pebinha da Saúde; Dr Neto; Comandante Barbosa; Airton Biroska; Celson Souza; Joãozinho Cego e Miguel Moreira da Silva.

Durante a audiência, os prefeitos apresentaram as demandas dos municípios acompanhados também da fala de um vereador representando cada câmara presente na audiência. O prefeito Roberto Farias falou sobre a dificuldade da prefeitura em tocar o hospital com custo mensal de 2,5 milhões com umam contrapartida de R$ 180 mil do estado. "Governador, a minha população está sendo sacrificada porque orçamento do município é consumido com hospital que atende 33 cidades da região inclusive de Goiás", frisou Beto.

O presidente da Cãmara Miguelão ressaltou que o legislativo barra-garcense autorizou por unanimidade que o prefeito possa devolver o hospital ao estado caso não haja uma revisão desta verba e o prazo ficou estipulado até o dia 5 de agosto. "Nós não queremos fazer isso e acreditamos que o governador vai aumentar o recurso da cidade", ponderou Miguelão.

Beto pediu ainda que o governador veja com carinho o pleito de doar a escola Dom Bosco para prefeitura construir ali uma grande escola-creche para atender as crianças do município e a liberação dos recursos das obras da reforma das piscinas das Águas Quentes e dos painéis turísticos da cidade que estavam em andamento e foram paralisadas no início do governo Taques.

O prefeito de Barra aproveitou a audiência também para agradecer ao governador que autorizou o início das obras do calçadão do Porto do Baé até a praia da Rapadura e do Centro de Convenções com investimentos de mais de R$ 16 milhões em Barra do Garças. "O governador nos disse que dentro de 15 dias estará na Barra para lançar estas obras que já começaram e vão revolucionar o turismo barra-garcense", salientou Beto.

Participaram da audiência coletiva também o secretário de Desenvolvimeto Estratégico Eduardo Moura e o suplente de deputado estadual Cãndido Teles. E mais os deputados Max Russi, Nininho e Wilson Santos que foram convidados pelo prefeito Roberto Farias.

Ao final, Taques agradeceu a presença dos prefeitos e destacou que os projetos que foram protocolados e estão acompanhados de projeto serão apreciados e logo respondidos pelo Governo através da Casa Civil.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
17.0%
77.2%