22/07/2015 às 13h01min - Atualizada em 22/07/2015 às 13h01min

Presa dupla acusada de matar vigia noturno a facadas

ADILSON ROSA
Bruno Cidade/MidiaNews

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam dois suspeitos de participarem do assassinato do vigia S.P., de 50 anos, executado a golpes de faca no dia 9 de junho, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá.

Trata-se de F.A.A. e E.M.C., presos na terça-feira (21), após terem a prisão temporária decretada.

O crime foi motivado por briga envolvendo a esposa do primo da vítima e um dos suspeitos.

Segundo o delegado Antônio Carlos Araújo, no dia anterior ao crime, o portão de entrada da residência da vítima estava aberto, quando o cachorro da raça pitbull escapou e atacou os cachorros de dois vizinhos, chegando a matar os animais.

Mesmo com o acidente, os moradores disseram não ter percebido que algo teria acontecido com S.P.

Nas investigações, os policiais suspeitaram da ausência de dois vigilantes que tinham relações de amizade com a vítima, mas que se encontravam em desavenças há algum tempo.

Ainda no dia anterior ao crime, os dois vigias estiveram na casa da vítima por volta das 3 horas da manhã, horário que S.P. costumava fazer café e receber os colegas, em razão do trabalho noturno.

Em um momento de descuido, ao virar de costas, a vítima foi atacada, sendo atingida com aproximadamente seis golpes de faca até a morte.

Na delegacia, um deles confessou o crime e disse que, durante a ação, o seu primo teria ficado na porta da residência, sendo inclusive ele quem deixou o portão aberto.

Segundo o suspeito, o crime ocorreu porque o primo deste estava "tramando contra ele", combinando para matá-lo. Ele explicou que teve um caso amoroso com a atual companheira do primo da vítima.

O primo da vítima procurou a DHPP, pois temia pela sua vida desde a morte de S.P.

"Ele sabia que poderia ser morto da mesma forma e tinha informações de que os dois suspeitos iriam tentar matá-lo", disse o delegado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.0%
16.6%
77.0%